Veneza abre festival com fogos para "Sete Espadas"

O filme Sete Espadas, do diretor de Hong Kong, nascido no Vietnã, Tsui Hark, dá o pontapé inicial na 62.ª edição do Festival de Cinema de Veneza. Astros e estrelas de Hollywood que começam a chegar ao Lido, a expressiva presença de cineastas asiáticos e o forte esquema de segurança fazem a diferença neste ano do festival de cinema mais antigo do mundo. O evento terá nove estréias mundiais e termina no dia 10 de setembro, com a exibição do primeiro musical chinês em 40 anos, Perhaps Love (Talvez Seja Amor), do diretor tailandês Peter Ho-sun. Outra curiosidade da mostra é a presença de dois atores hollywoodianos atrás das câmeras: George Clooney (Good Night, and Good Luck)e John Turturro (Romance and Cigarettes).O movimento dos próximos dias ficará por conta da chegada de Clooney, Matt Damon, Tim Robbins, Russell Crowe, Renée Zellweger, Anthony Hopkins, Gwyneth Paltrow, Johnny Depp e Harrison Ford, acompanhando a namorada, Calista Flockhart, que atua em Fragile. Todos passarão pelos detectores de metais colocados em todos os lugares, policiais especializados em localizar bombas e mergulhadores que fazem parte do sistema de segurança montado no Lido.Hoje, dançarinas, dragões e fogos de artifício recepcionam o elenco de Sete Espadas na entrada da exibição de gala, acompanhada pela usual aparição de ministros de Estado italianos. Representantes estelares do cinema hollywoodiano, uma forte presença de cineastas asiáticos e uma forte segurança distinguem este ano o Festival de Cinema de Veneza. Sete Espadas traz uma extravagante demonstração das artes marciais chinesas. A sessão especial tem como madrinha a atriz espanhola Inés Sastre. Trata-se de um filme violento ambientado no século 17 durante a dinastia Quing chinesa. Ambientado na China do século XVII, não muito depois de a Manchúria tomar o controle dos governantes da dinastia Qing, Sete Espadas segue sete mestres de artes marciais, que lutam para manter sua arte viva em meio a um expurgo governamental. Para Tsui, o estilo wuxia - o uso de artes marciais no contexto histórico - é o centro do filme. "O wuxia é uma outra dimensão que permite ao homem descobrir a Justiça, o destino e a liberdade", disse ele a jornalistas presentes. "O wuxia é um tipo de terapia para pessoas que vivem no mundo moderno", Acrescentou. "A Ásia mudou um bocado, mas o ´wuxia´ ainda é muito importante. Sete Espadas é inspirado em uma história tradicional. Aqui temos um filme que fala sobre harmonia e de como as pessoas atingem a harmonia confiando uns nos outros. Eu queria dar esperança às novas gerações", continuou. Com 144 minutos de pura ação, o filme recebeu uma resposta calorosa dos críticos em uma seção especial nesta quarta-feira. No entanto, todos os olhos da imprensa se voltam para Clooney. Ele é um antigo queridinho em Veneza e tem uma vila às margens do Lago Como, na Itália. O segundo filme de Clooney na direção, Good Night, and Good Luck, sobre os primórdios da transmissões televisivas e que conta a história da luta do lendário jornalista Ed Murrow contra o macarthismo, nos anos 1950, estréia no festival nesta quinta-feira. Good Night and Good Luck é um dos 19 filmes que disputarão o cobiçado Leão de Ouro de melhor filme, mas o festival conta ainda com outras seções, Horizontes e Fora de Competição. Além destas haverá uma grande retrospectiva sobre o cinema asiático, bem como uma homenagem ao trabalho do diretor de filmes de animação Hayao Miyazaki, que está sendo homenageado com um Leão de Ouro pelo conjunto da obra, assim como a atriz italiana Stefania Sandrelli. Entre os filmes da competição estão Cinderella Man, de Ron Howard, um filme sobre box estrelado por Russell Crowe e RenéeZellweger, ou o filme de Ang Lee Brokeback Mountain, uma história de um caso homossexual entre dois cowboys americanos no século 20. Proof, dirigido por John Madden e estrelado por Gwyneth Paltrow, The Brothers Grimm, de Terry Gilliam, protagonizado por Matt Damon.A vida de do aventureiro sedutor do século 18 Giacomo Casanova é tema de Lasse Hallstrom em seu Casanova, fora da competição. O festival exibe uma versão restaurada do filme de 1976 Casanova, de Federico Fellini, estrelado por Donald Sutherland.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.