Joel Ryan/Invision/AP
Joel Ryan/Invision/AP

Vencer no cinema exige senso de humor, diz De Palma em Veneza

Documentário sobre a carreira do diretor é exibido no festival homenageando seus 50 anos de carreira

MICHAEL RODDY, REUTERS

10 Setembro 2015 | 11h33

O veterano diretor norte-americano Brian De Palma declarou nesta quarta-feira no Festival Internacional de Cinema de Veneza que seu conselho a jovens cineastas é que jamais devem desistir, mas que também precisam de sorte e senso de humor para vencer.

De Palma, de 75 anos, está sendo homenageado por uma carreira de meio século que inclui sucessos como “Scarface”, com Al Pacino (1983), o filme de gângster “Os Intocáveis” (1987) e o primeiro filme da franquia “Missão: Impossível” (1996), estrelada por Tom Cruise.

“Não faz sentido dar aula de cinema a ninguém a menos que você tenha uma grande capacidade de seguir em frente independentemente do que te disserem”, afirmou De Palma aos pretendentes a diretores.

“Você precisa persistir e também precisa ter sorte. Tem que ter talento, persistência e sorte para sobreviver neste negócio”, declarou em uma coletiva de imprensa antes de receber o prêmio cineasta Jaeger-LeCoultre Glory 2015.

A presença de De Palma no festival coincide com a exibição do documentário “De Palma”, dos cineastas Noah Baumbach e Jake Paltrow, baseado em algo entre 30 e 40 horas de entrevistas filmadas com De Palma feitas cerca de cinco anos atrás.

“A grande sacada disso foi como eles conseguiram tirar as perguntas e ilustrar o filme com todas essas partes de outros filmes, para mim é realmente incrível”, disse De Palma sobre o documentário, no qual fala sobre sua carreira, ilustrado por cenas de suas próprias produções.

Mais conteúdo sobre:
FILMEVENEZABrian De Palma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.