Divulgação
Divulgação

'Vari Ações Urbanas', na galeria Choque Cultural

Zezão cria grafismos azuis com tinta látex em galerias fluviais e regiões abandonadas

25 de junho de 2010 | 06h00

Marina Vaz - O Estado de S. Paulo

 

SÃO PAULO - Para Zezão, pintar na rua é a "engrenagem principal" de sua obra. Esta ligação com a cidade está não só nos grafismos azuis que o artista cria com tinta látex em galerias fluviais e regiões abandonadas, como em toda a sua produção, que inclui pinturas, colagens, instalações, fotografias e vídeos. Seus trabalhos mais recentes podem ser vistos na mostra Vari Ações Urbanas, que abre sábado (26) na Choque Cultural.

 

Entre as obras estão imagens de galerias subterrâneas em que Zezão usa a técnica do ‘light painting’, registrando com a câmera feixes de luz azuis gerados por uma lanterna. A vertente psicodélica do trabalho do artista aparece nas pinturas feitas com tinta spray fluorescente.

 

No lugar de telas, o suporte usado são pisos de ônibus, feitos de alumínio. Seus conhecidos grafismos azuis aparecem em suportes de textura suja e contrastantes molduras clássicas douradas. Há também colagens feitas com ripas de madeira reaproveitada. Depois da abertura da exposição, o artista pretende ‘descansar’ - e passar um mês pintando. Na rua.

 

ONDE: Choque Cultural. R. João Moura, 997, Pinheiros, 3061-4051. QUANDO: Abre sáb. (26). 12h/19h (fecha 2ª e dom.). Até 7/8. QUANTO: Grátis.

Tudo o que sabemos sobre:
'Vari Ações Urbanas'Choque Cultural

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.