'Vanity Fair' cancela sua festa do Oscar por conta dos roteiristas

Apesar das últimas notícias apontarem para a resolução do conflito, a revista se diz solidária aos roteiristas

Efe,

08 Fevereiro 2006 | 16h41

A popular revista Vanity Fair decidiu cancelar este ano sua tradicional festa do Oscar, devido à greve dos roteiristas nos Estados Unidos. A publicação informou em comunicado que a decisão foi tomada em solidariedade aos companheiros do Sindicato de Roteiristas dos EUA (WGA), apesar das últimas notícias apontarem para uma próxima resolução do conflito. "Após pensar muito, e em apoio aos roteiristas e todos os afetados por esta greve, decidimos que este ano não é apropriado para organizar nossa festa do Oscar", disse a revista. A porta-voz da publicação Beth Kseniak indicou que o hipotético fim da greve não indica que "a situação voltará à normalidade imediatamente". "Foram meses muito ruins para muitas pessoas e não parece ser o melhor momento para organizar uma grande festa", acrescentou.

Mais conteúdo sobre:
VANITY FAIR GREVE ROTEIRISTAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.