Urso de Ouro vai para filme romeno; Brasil leva prêmio com Oiticica

Child's Pose, de Calin Peter Netzer, ganhou dos favoritos

Flávia Guerra, de O Estado de S.Paulo,

16 Fevereiro 2013 | 20h34

BERLIM - "Está cada vez mais difícil de produzir cinema. Queria agradecer às pessoas que não acreditaram nem ajudaram a gente. Elas nós fizeram mais fortes”, disse uma imponente produtora Ada Solomon ao receber o Urso de Ouro, o prêmio ao melhor filme, do Festival de Berlim 2013 na noite deste sábado, 16, para Pozitia Copilului (Child’s Pose), de Calin Peter Netzer (Romênia).

A declaração não poderia ser mais adequada. Surpresa entre os vencedores, já que os favoritos eram Gloria, do Chileno Sebastian Lelio, e An Episode in the Life of an Iron Picker, filme do bósnio Danis Tanovic, que acabou levando os prêmios de Melhor Ator para Nazis Mujic e Grande Prêmio do Júri. "É a primeira vez que participo de um festival assim. Queria agradecer Denis Tanovic por fazer este filme. Obrigada”, declarou o ator. “Às vezes coisas boas podem nascer da raiva. Não sempre. Espero voltar mais à Berlinale com algo mais feliz”, disse o diretor ao subir ao palco para receber seu Urso de Prata.

A escolha do júri presidido por Wong Kar Wai prova que mais uma vez, seguindo a lógica da seleção oficial, a premiação também mantém a tradição de privilegiar filmes politizados e com agudo olhar sobre as mazelas sociais. Mas foi novamente Ana Salomon quem definiu bem uma das lutas mais cruciais do cinema atual: “Durante este festival, falamos muito de censura. mas há uma censura à qual temos também de prestar atenção: A censura contra o cinema de arte. Por isso gostaria o grande laboratório que a Berlinale é por permitir que tantos filmes de arte sejam vistos aqui. Obrigada a todos que vendem e distribuem filme de arte por levarem estes filmes ao público."

Entre os longas, o Brasil concorria na seção Panorama com o belo longa de Bruno Barreto, Você Nunca Disse Eu Te Amo, e no Forum, com o ousado documentário de Cesar Oiticica Filho, Hélio Oiticica. Barreto levou o segundo lugar da escolha do público do Panorama (o vencedor foi The Broken Circle Breakdown, de Felix van Groeningen, produção da Bélgica e Holanda). E Oiticica levou o prêmio da crítica internacional (FIPRESCI), de melhor filme da Mostra Fórum.

Confira abaixo os principais vencedores:

Urso de Ouro de Melhor Filme - Pozitia Copilului (Child’s Pose), de Calin Peter Netzer (Romênia)

Urso de Prata de Melhor Filme do Júri - An Episode in the Life of an Iron Picker, de Danis Tanoivc (Bósnia)

Urso de Prata Especial - Vic+Flo Saw a Bear, de Denis Côté (Canadá)

Melhor Diretor - David Gordon Green, por Prince Avalanche (EUA)

Melhor Ator - Nazif Mujić, por An Episode in the Life of an Iron Picker, de Danis Tanovic (Bósnia)

Melhor Atriz - Paulina García, por Gloria, de Sebastian Leli (Chile)

Melhor Roteiro - Kamboziya Partovi, por Closed Curtain, de Jafar Panahi (Irã)

Prêmio de Contribuição Artística - Harmony Lessons, do Casaquistão (Alemanha e França)

Menção Especial - Promised Land, de Gus Van San (EUA)

Menção Especial 2 - Layla Fourie (Alemanha, África do Sul, França e Holanda)

Urso de Ouro de Melhor Curta-Metragem - La Fugue, de Jean-Bernard Marlan

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.