Unibanco recebe produção do Ceará

Já está em cartaz o segundo programa da sessão Curta Petrobrás às Seis, promovida pelo Espaço Unibanco. Desta vez, Curta Ceará exibe, sempre às 18 horas, trabalhos feitos no Estados se notabilizando como núcleo curta-metragista, com bom volume de produções.A Secretaria de Cultura do Ceará é co-patrocinadora da maioria dos filmes e se notabiliza por manter também uma escola de cinema, o Instituto Dragão do Mar. Muitos diretores já deram aulas por lá, como Volney de Oliveira e Orlando Senna. É comum que cineastas cearenses estudem em Cuba, na Escuela de Cine de San Antonio de Los BaÏos, por causa da proximidade e do baixo custo de vida da ilha de Fidel Castro.Este segundo programa inclui o curta Náufrago, (1999, 19 min), de Amílcar Claro. Ele estava sendo exibido até pouco tempo no Cinesesc, como complemento às sessões do filme Banhos. Ele mostra um náufrago que luta para sobreviver, agarrado a algumas caixas, enquanto um ameaçador tubarão fica à espreita. Enquanto ele questiona os céus por seu destino, o espectador fica atento à aproximação do tubarão. O curta foi rodado em seis dias, todos passados no mar, no litoral cearense. O ator, Cláudio Jaborandy, não é português, mas ficou muito bem no papel e ganhou vários prêmios. Ele ensaiou o sotaque do personagem com o auxílio de uma consultora.O programa tem ainda Campo Branco (1997, 11 min.), de Telmo Carvalho, um curta de animação que aborda o problema da seca de forma poética. Também de animação e com temática semelhante é O Nordestino e o Toque da Lamparina, (1998, 8 min), de Ítalo Maia, inspirado na história de Aladim.O Último Dia de Sol, (1999, 18 min), de Nirton Venâncio, que também integra o evento, narra a história de um ativista político que tenta fugir com a mulher e um filho pequeno do golpe militar de 1964. Os curtas ficarão em cartaz nas próximas duas semanas, sempre na sala 4 do Espaço Unibanco.Serviço - Curta Petrobras às Seis - Curta Ceará. O Último Dia de Sol, de Nirton Venâncio, Campo Branco, de Telmo Carvalho, O Nordeste e o Toque da Lamparina, de Ítalo Maia, e Náufrago de Amílcar Claro. Diariamente, às 18 horas. Grátis. Espaço Unibanco 4. Rua Augusta, 1.470, tel. 287-5590. Patrocínio: Petrobrás e Lei de Incentivo à Cultura

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.