Uma Thurman e Meg Ryan são destaques das estréias

Estréiam hoje nos cinemas brasileiros Kill Bill - Volume 1, de Quentin Tarantino, protagonizado por sua musa, Uma Thurman, e Em Carne Viva, de Jane Campion, com as extensamente comentadas cenas de nudez da ex-namoradinha da América Meg Ryan.Enquanto, nos Estados Unidos, os fãs de Tarantino garantem a maior bilheteria do país para Kill Bill - Volume 2, o Brasil assiste a partir de hoje à primeira parte da saga, o Volume 1. No filme, Uma faz parte de um grupo de assassinas profissionais lideradas por Bill (David Carradine). Quando se apaixona, ela larga tudo para se casar, mas, no dia da cerimônia, suas ex-colegas promovem uma verdadeira carnificina. A Noiva, como Uma é chamada, é ferida, mas não morre. Ela desperta de um coma anos depois e quer vingar-se de Bill e suas asseclas.Kill Bill é uma mistura de filmes de artes marciais, westerns e clássicos de samurais e quebra um jejum de sete anos em que Tarantino ficou longe da direção - seu último filme foi Jackie Brown, de 1997. Também estão no elenco do filme a pantera Lucy Liu e Daryl Hannah, cujas personagens integram o bando de Bill.Também estréia hoje Em Carne Viva, de Jane Campion, a mesma diretora de O Piano. Adaptado do romance homônimo de Suzanne Morre, o filme causou sensação nos Estados Unidos por exibir cenas de nudez frontal e sexo com Meg Ryan, popular por seus trabalhos em comédias açucaradas como Sintonia de Amor e Mensagem para Você.Em Carne Viva conta a história de uma professora, Frannie (Meg Ryan), que vai a um bar e vê um casal praticando sexo oral. Ela foge e, no dia seguinte, descobre que a mulher foi assassinada. No elenco do filme está também Mark Ruffalo, que faz o detetive encarregado de defender Frannie, quando ela passa a ser perseguida pelo criminoso. Os dois se envolvem e ela começa a suspeitar que ele seja o assassino."Boa parte dos filmes que fiz são contos de fadas, tão leves que somem no ar. Por isso quero evitar comédias românticas", disse Meg à revista Harper?s Bazar. A atriz chama sua atual fase de "o novo começo de sua carreira".

Agencia Estado,

23 de abril de 2004 | 16h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.