Um festival de humor em curta-metragem

O 1.º Festival Internacional de Comédias Engraçadas, ou Funny Comedy Film Festival, vai abrir inscrições para filmes de até 15 minutos em 3 de outubro. Para participar, os organizadores impõem uma condição. O filme tem que ser uma comédia engraçada, ou seja, mais do que a pretensão de ser divertido, o filme tem que fazer rir. Os curadores são os cineastas Luis Chilson e Inácio Zatz.O júri será composto por diretores e críticos de cinema, cartunistas, atores cômicos e outros profissionais de expressão internacional. Cazé Peçanha (apresentador da MTV), Gil Fingermann (ator), Izay Weinfeld (arquiteto e diretor de filmes), JAL (cartunista), Laert (cartunista), Laert Sarrumor (grupo Língua de Trapo), Márcio Pitliuk (publicitário), Rodolfo Ancona Lopez (fotógrafo) e Skowa (músico) confirmaram a participação como jurados.O evento vai acontecer no Teatro Municipal de Osasco, só em setembro de 2003. O regulamento (uma versão humorística dele) proposto pelos organizadores diz coisas interessantes, como: "Será vetado todo filme cuja sinopse inclua a frase ´a nível de resgate´, a não ser que o filme tenha como assunto um seqüestro", "Obras politicamente corretas serão aceitas mediante o pagamento de uma taxa extra para as obras beneficentes do festival" e "Filmes com temática ´obscura´, ´dark´ ou ´film noir´ serão exibidos ao meio dia no campo de futebol do Juventus com iluminação suplementar". Podem se inscrever produções feitas originalmente em qualquer formato, mas passadas para VHS. O site www.comedyfest.com.br tem o regulamento (o citado e o verdadeiro) e a ficha de inscrição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.