Joel Ryan/Invision/AP
Joel Ryan/Invision/AP

TV online leva longa 'Beast of No Nation' a Festival de Veneza

HIstória de líder guerrilheiro africano que utiliza meninos como soldados concorre a prêmio principal

Michael Roddy , REUTERS / VENEZA

03 de setembro de 2015 | 20h56

Veneza pode sediar o festival de cinema mais antigo do mundo, mas este ano está abrindo caminho para o que pode ser o futuro da sétima arte, com a exibição de dois filmes do Netflix, um deles candidato ao prêmio principal.

Beasts of No Nation é estrelado por Idris Elba, de Mandela: O Caminho Para A Liberdade, no papel de um líder guerrilheiro africano que usa meninos como soldados.

Apresentado como filme original do Netflix, o longa é baseado no romance homônimo de Uzodinma Iweala e foi dirigido pelo norte-americano Cary Fukunaga (Jane Eyre, True Detective).

Outro filme do canal online exibido fora da competição é o documentário Winter on Fire, sobre protestos na Praça Maidan que derrubaram o então presidente da Ucrânia em 2014.

A presença marcante do Netflix em um dos mais prestigiados festivais europeus está atraindo muita atenção. Em certos setores, o canal é visto como um desafio ao modelo tradicional de distribuição de filmes, especialmente nas grandes redes que normalmente exibiriam uma produção estrelada por Elba, cotado frequentemente como um possível James Bond no futuro.

“O interessante do Netflix estar aqui é que, como a Amazon e outras empresas não necessariamente conhecidas por conteúdo original, eles estão realmente começando a produzir algo, estão se expandindo”, disse Jay Weissberg, crítico europeu da revista Variety. “Vai mudar o jogo? É difícil dizer a esta altura.”

Tudo o que sabemos sobre:
CinemaFestival de Veneza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.