Trupe de "Cidade de Deus " torce no Sheraton

Dessa vez não deu para o Brasil,mas para o grupo Nós do Morro, da favela do Vidigal, na zona sul do Rio, de onde saiu boa parte dos atores do filme Cidade deDeus (Roberta Rodrigues, Phellipe Haagensen, Luiz Otávio Fernandes, Diego Jackie, Sabrina Rosa e quase todo o elenco deapoio), a entrega do Oscar foi uma consagração. Eles assistiram ao espetáculo no Hotel Sheraton, um cinco estrelasnorte-americano que fica na praia ao pé do morro e os recebeu como astros internacionais.A maior parte dos protagonistas da festa chegou em cima da hora da transmissão, porque estava no espetáculo Burro semRabo, em cartaz no Teatro do Planetário, na Gávea, bairro vizinho ao Vidigal. O grupo Nós do Morro ficou conhecidonacionalmente devido a Cidade de Deus, mas existe há 18 anos, criado pelo diretor Guti Fraga, que estava eufórico.?Para nós, a indicação do Oscar é uma vitória?, disse ele antes da cerimônia. Era a primeira vez que quase todos os integrantes do grupo ia aohotel como convidado, embora 20% de seus empregados morem no Vidigal. Mas ninguém estava ligando para isso e a turma veionos trinques, com Roberta Rodrigues e Sabrina Rosa (respectivamente Berenice e a namorada de Mané Galinha no filme, ambasjá fisgadas pela Rede Globo) em modelitos dignos das estrelas que apareciam na cerimônia em Hollywood. Todos ficaram lá até o anúncio do prêmio de diretor, vaiando quando o vencedor (não brasileiro) era anunciado. Depoisdisso, a debandada foi geral, mas a comemoração valeu. ?Não perdemos nada, o importante é que a gente fez um trabalho bonitoe continua aí?, concluiu o ator Luiz Otávio (o Buscapé jovem no filme), para despedir-se.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.