Aline Arruda/ Divulgação
Aline Arruda/ Divulgação

'Tropa 2' é escolhido o melhor filme de 2010 em prêmio do SESC

Sucesso de bilheteria, filme sobre o BOPE vence em principais categorias da premiação e será exibido em festival

Estadão.com.br,

07 Abril 2011 | 13h42

Tropa de Elite 2 foi o mais premiado na 37ª edição do Festival SESC Melhores Filmes. Evento na noite da última quarta-feira, 6,  coroou a produção dirigida por José Padilha com sete troféus.

 

O longa que retrata os bastidores do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Rio de Janeiro, o BOPE, foi escolhido pelo público em quatro categorias, incluindo Melhor Filme Nacional e Melhor Diretor, e em três pelo júri especializado.

 

Wagner Moura, que levou o prêmio de Melhor Ator por sua atuação como o protagonista Coronel Nascimento, não compareceu ao evento, mas gravou um vídeo agradecendo pelos votos.

 

Vincere, longa italiano dirigido por Marco Bellocchio, angariou os principais títulos internacionais, tanto do público quanto da crítica.

 

Dzi Croquettes (Tatiana Issa e Raphael Alvarez) e Terra Deu, Terra Come (Rodrigo Siqueira), ambos de 2009, venceram na categoria Documentário.

 

Ana Lúcia Torres, atualmente no elenco da novela global Insensato Coração, foi premiada como melhor atriz pela comédia Reflexões de um Liquidificador.

 

Ao todo, 22 prêmios foram entregues, nas categorias Melhor Filme, Diretor, Roteiro, Fotografia, Ator, Atriz e Documentário. 26 mil pessoas votaram pela internet e no CineSesc e 89 críticos formaram o jurado especialista.

 

O filme inédito Riscado, de Gustavo Pizzi,foi exibido antes da premiação, abrindo os trabalhos do Festival.

 

Todos os 42 longas escolhidos serão exibidos a partir desta quinta-feira, 7, em unidades do SESC em 16 cidades do estado de São Paulo. Encontros gratuitos com personalidades do cinema também são atrações do evento.

 

Festival SESC Melhores Filmes:

De 6 a 28 de abril de 2011

CineSesc

Rua Augusta, 2075

Tel: 11 3087-0500

Ingressos à R$ 4.

 

A programação completa pode ser vista no site.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.