"Tróia" fatura US$ 45 milhões em sua estréia nos EUA

Ao final de uma semana de intensa campanha promocional, Tróia estreou nos Estados Unidos e tomou o primeiro lugar no ranking de bilheterias. O filme estrelado por Brad Pitt faturou US$ 45,6 milhões, desbancando Van Helsing - O Caçador de Monstros, com US$ 20,1 milhões, conforme estimativa dos estúdios. A comédia Mean Girls, com Lindsay Lohan, aparece em terceiro lugar, com US$ 10,1 milhões.Apesar da liderança folgada no ranking, Tróia pode ter dificuldades em se fazer pagar no mercado americano. Seu orçamento é estimado em até US$ 200 milhões, a que se acrescentam cerca de US$ 50 milhões em custos de marketing. Com a forte concorrência na temporada de arrasa-quarteirões do cinema americano, é provável que a adaptação da Ilíada de Homero dependa da arrecadação no mercado mundial e nas locadoras.De qualquer forma, a Warner Bros. expressou satisfação com os números iniciais de Tróia, comparando-os ao do hit Gladiador. O filme estrelado por Russell Crowe estreou nos EUA com US$ 34,8 milhões de bilheteria, número modesto para uma superprodução. Mas, com a repercussão boca-a-boca, chegou a US$ 187 milhões, e tudo isso antes de ganhar o Oscar de melhor filme de 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.