Tribunal analisa ação contra produtora do filme Syriana

Um tribunal de Paris começou nesta segunda-feira a analisar a acusação de plágio feita pela escritora francesa Stephanie Vergniault contra a produtora e a distribuidora do filme Syriana - A Indústria do Petróleo, a Section Eight e a Warner, respectivamente.Stephanie, de 37 anos, especialista em geoestratégia petroleira, assegura que, em 2004, escreveu o roteiro do longa, dirigido por Stephen Gaghan e protagonizado por George Clooney, que recebeu o Oscar de melhor ator coadjuvante por sua interpretação. No filme, Clooney é um agente secreto veterano que se envolve em uma complicada trama política no Oriente Médio.Segundo Stephanie, um projeto de roteiro com o título Oversight foi depositado no registro de propriedade norte-americana em 2004 e logo cedido a um grupo cinematográfico canadense. Não obstante, os advogados da distribuidora Warner e da Section Eight garantem que a entrada do roteiro neste registro aconteceu em outubro de 2004, quando Syriana - A Indústria do Petróleo já estava sendo rodado há algumas semanas.Os advogados apontaram que os elementos de semelhança entre o texto de Stephanie e Syriana procedem de alguns feitos reais, assim como da autobiografia de um antigo agente da CIA, Robert Baer.O tribunal estudará agora as teses de ambas as partes e tem previsto tornar a decisão pública em 19 de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.