Tribeca premia Fernanda Montenegro e Sacramento

A edição 2004 do Tribeca Film Festival, mostra lançada por Robert De Niro para ajudar Manhattan a se recuperar dos atentados de 11 de setembro de 2001, terminou ontem à noite com prêmios para os brasileiros Fernanda Montenegro e Paulo Sacramento.Fernanda ficou com o prêmio de melhor atriz por seu trabalho em O Outro Lado da Rua, longa-metragem de estréia de Marcos Berstein, destaque também do Festival de Berlim, no início do ano, e, mais recentemente, do Cine PE, antigo Festival de Recife. O filme estréia em circuito nacional em 28 de maio. Sacramento, por O Prisioneiro da Grade de Ferro, levou o troféu revelação de direção de documentário.Os principais troféus do evento, de filme e direção, foram para o cinema chinês, pelo erótico The Green Hat, de Liu Fen Dou. O prêmio do público ficou com Every Mother´s Son, documentário sobre as mães de jovens mortos em confronto com a polícia de Nova York. Este é o terceiro ano do Tribeca. Ao longo de nove dias, a mostra apresentou mais 250 filmes, de 42 países. No júri deste ano, estavam as atrizes Mary-Louise Parker, Kyra Sedgwick e Glenn Close, entre outros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.