Trama adolescente decepciona em "Intrigas"

Exceção feita a Joshua Jackson (ator da série Dawnson´s Creek), Intrigas reúne elenco de desconhecidos. Só ao assistir ao filme, que estréia nesta quinta-feira na cidade, o espectador entenderá o porquê. A trama, adolescente e pretensiosa, certamente não despertou o interesse de atores mais respeitados.Intrigas propõe estabelecer a diferença entre fofoca e notícia. A temática poderia ter rendido uma discussão interessante, se o roteiro mergulhasse mais fundo na proposta e o filme não perdesse tempo com aspectos superficiais, como a aparência dos atores. Todos eles são lindos e parecem recém-saídos do set de Barrados do Baile.No roteiro de Gregory Poirier, o tema é inserido no contexto universitário. Três amigos resolvem desenvolver um projeto ousado para uma cadeira de jornalismo. Para provar que fofoca e notícia são a mesma coisa, Derrick (James Marsden), Jones (Lena Headey) e Travis (Norman Reedus) espalham um boato para ver o que acontece.O trio comenta com os amigos que Naomi (Kate Hudson) e Beau (Joshua Jackson) transaram em uma festa. O rumor só desperta o interesse porque, aparentemente, a garota não quer passar dos abraços e beijos. Só que a história vai tão longe que a própria caluniada começa a acreditar, caracterizando o episódio como estupro. A polícia então entra em cena, armando uma confusão.Daí para a frente, o filme faz tanto esforço para não cair no previsível que extrapola - adotando um desfecho na linha "nada é o que parece ser´´. Se depender do primeiro trabalho, o diretor Davis Guggenheim, que migra para o cinema após passagem pelos seriados Nova York Contra o Crime e Plantão Médico está predestinado ao anonimato. Assim como seus atores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.