Paramount Pictures
Paramount Pictures

'Top Gun: Maverick' sofre ação por não citar autor que inspirou a franquia

Família de Ehud Yonay, autor de 'Top Guns', diz que Paramount não readquiriu os direitos do texto

Redação, Reuters

07 de junho de 2022 | 07h34

A família do autor cujo artigo inspirou o filme de 1986 Top Gun, com Tom Cruise, processou nesta segunda-feira, 6, a Paramount Pictures por violação de direitos autorais por conta da sequência do filme, Top Gun: Maverick.

De acordo com a queixa aberta em um tribunal federal em Los Angeles, a Paramount Global não readquiriu os direitos para o artigo Top Guns, de 1983, de Ehud Yonay, com a família, antes de lançar a sequência "derivada" do texto.

O processo aberto por Shosh Yonay e Yuval Yonay, que vivem em Israel e são, respectivamente, a viúva e o filho de Ehud, pede indenização de valor não especificado, incluindo lucros de Top Gun: Maverick, além do bloqueio à distribuição do filme ou de futuras sequências.

A Paramount disse em nota: "Essas afirmações são feitas sem mérito, e vamos nos defender de forma vigorosa".

Estrelado por Tom Cruise, o filme Top Gun: Maverick é o maior sucesso de bilheteria do ano, gerando US$ 291 milhões na América do Norte, e US$ 548,6 milhões no mundo em seus primeiros 10 dias de exibição.

Confira o trailer de 'Top Gun', de 1986

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.