Tommy Lee Jones processa estúdio por lucros de 'Onde os Fracos'

Por Leslie Simmons LOS ANGELES (Hollywood Reporter) - A Paramount e Tommy LeeJones não vivem um momento de amizade, após o ator ter movidouma ação alegando que o estúdio lhe deve pelo menos 10 milhõesde dólares em bônus sobre bilheteria relativos a seu trabalhoem "Onde os Fracos Não Têm Vez", vencedor do Oscar de melhorfilme este ano. Jones abriu o processo contra a Paramount e a N.M. Classicsem Bexar County, Texas, onde vive. A ação afirma que seucontrato previu um pagamento inicial reduzido, a ser seguidopor mais se o filme fizesse sucesso comercial. "Onde os Fracos Não Têm Vez", em que Jones faz um xerife decidade pequena, arrecadou 160 milhões de dólares em todo omundo. Tommy Lee Jones diz que a Paramount não lhe pagou o valortotal devido. Ele diz que o estúdio alega erros em seucontrato, envolvendo o cálculo do bônus sobre a bilheteria e asvendas em DVD. A Paramount disse que é política do estúdio não comentarlitígios pendentes. "Isto dito, porém, temos a certeza de termos cumpridonossas obrigações com Tommy Lee Jones", disse o estúdio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.