Eric Gaillard/ Reuters
Eric Gaillard/ Reuters

Tom Hanks envia máquina de escrever a menino australiano que sofre bullying por se chamar Corona

'Você é a única pessoa que eu conheço com o nome Corona - como o anel ao redor do sol, uma coroa', escreveu o ator para o menino

Sonali Paul, Reuters

23 de abril de 2020 | 16h14

Tom Hanks enviou uma carta e uma máquina de escrever da marca Corona a um garoto australiano que lhe escreveu sobre estar sofrendo bullying por causa de seu nome, Corona, informaram nesta quinta-feira emissoras de televisão da Austrália.

Corona De Vries, de 8 anos, da Golden Coast no Estado de Queensland, escreveu para o astro de Hollywood depois que ele e sua esposa, Rita, passaram mais de duas semanas em quarentena no resort de praia australiano após testar positivo para covid-19.

O garoto escreveu para Hanks dizendo: “Ouvi as notícias de que você e sua mulher pegaram coronavírus”, informou o Channel 7 News. “Você está bem?”

Corona disse que amava seu nome, mas as pessoas na escola o chamavam de coronavírus, o que o deixou “triste e com raiva”.

“Sua carta fez minha mulher e eu nos sentirmos maravilhosos!”, respondeu Hanks em uma carta datilografada em uma máquina de escrever Corona que ele tinha levado para a Golden Coast.

“Você é a única pessoa que eu conheço com o nome Corona - como o anel ao redor do sol, uma coroa”, escreveu o vencedor do Oscar ao garoto.

“Pensei que essa máquina de escrever fosse do seu agrado”, mostrou uma imagem da carta transmitida pelo Channel 7 News. “Pergunte a um adulto como funciona. E use-a para me escrever de volta.”

Hanks escreveu no final: “P.S. Você tem um amigo em mim!

 

Tudo o que sabemos sobre:
Tom Hankscoronavíruscinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.