Tom Cruise vira aprendiz de samurai

Tom Cruise precisou de oito meses de treinamento para encarar o modo de vida dos samurais, com suas longas espadas e armaduras pesadas. O resultado é The Last Samurai, que ele agora promove no Japão. A cerca de 700 jornalistas reunidos em Tóquio, onde mostrou as primeiras imagens do filme e se reuniu com o primeiro-ministro Junichiro Koizumi, o ex-marido de Nicole Kidman contou que teve de ganhar 10 quilos em músculos para o papel.Em The Last Samurai, Cruise faz o papel de um capitão americano aposentado que é contratado pelo imperador japonês para modernizar seu exército e ensinar técnicas ocidentais de batalha, no século 19. O objetivo é derrotar os últimos samurais na ativa. Mas o capitão é ferido e acaba capturado pelos inimigos, com quem irá aprender técnicas de luta e um rigoroso código ético. Cruise contracena com Ken Watanabe, um veterano do cinema japonês, em particular de filmes de samurai. Para Watanabe, Cruise até que aprendeu rápido as técnicas orientais.O filme foi rodado na Nova Zelândia, a um custo nada modesto de US$ 114 milhões - o que exigirá da produção um grande desempenho nas bilheterias. Cerca de 500 extras japoneses foram levados ao set só para fazer a figuração. Mas encerrada a filmagem, Cruise mostrou sintonia com os valores orientais, em particular com o bushido, o rígido código de conduta dos samurais. "Eu acredito muito no valor da honra, lealdade e compaixão."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.