Tiradentes em grande estilo

Tiradentes vira centro das atenções em Minas com a 4.ª Mostra de Cinema de Tiradentes, aberta oficialmente na sexta-feira. O evento de abertura aconteceu no Centro Cultural Yves Alves, com a presença de autoridades, artistas e da população da cidade. Antes mesmo do início oficial, a cidade já entrou em clima de festa com a chegada de turistas e convidados, movimentando as pousadas e restaurantes. Um grupo de teatro e uma banda de música divertiam as pessoas pelas estreitas ruas da cidade histórica.Na cerimônia de abertura, estiveram presentes o Ministro da Cultura Francisco Weffort, o Secretário de Estado da Cultura Ângelo Oswaldo, o prefeito de Tiradentes Élvio Garcia, o senador Francelino Pereira, o deputado federal Paulo Delgado e outras autoridades, além de Ana Carolina, Raquel Hallak, coordenadora-geral e representantes dos patrocinadores.As atenções estiveram voltadas à cineasta Ana Carolina, grande homenageada desta edição. Emocionada, ela agradeceu as homenagens. "É muito impressionante este momento para mim. Aqui, hoje, é o melhor da festa da minha vida", disse.Francisco Weffort ressaltou a importância do evento para o cinema nacional. "O cinema nacional está vivendo um momento de passagem. Os pessimistas que enfrentem a tese de que o brasileiro não gosta de cinema brasileiro", disse, em um pequeno discurso exaltado. Ele fez esta afirmativa baseado nos números do ano passado. Segundo ele, os filmes brasileiros tiveram um acréscimo de 26% em público em relação a 1999. E completou: "Nós queremos ver nossa cara na tela".Em seguida, foi exibido o filme Amélia, no Cine Praça, completando as homenagens à cineasta Ana Carolina.

Agencia Estado,

20 de janeiro de 2001 | 19h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.