Tim Burton receberá Leão de Ouro no Festival de Veneza

O cineasta americano Tim Burton será homenageado na próxima edição do Festival de Veneza, em setembro, no qual receberá o Leão de Ouro pelo conjunto da obra. "Mais uma vez, o prêmio presta homenagem a um dos cineastas americanos mais valentes, visionários e inovadores, capaz de emocionar e fascinar os mais diferentes e amplos grupos de espectadores", assinala a direção do Festival. O prêmio a Burton, responsável por filmes como Edward Mãos de Tesoura, A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, Ed Wood e A Noiva Cadáver, foi proposto pelo diretor do Festival, Marco Müller, e aceito pelo conselho administrativo da Bienal de Veneza, presidido por Davide Croff. Humor gótico O Leão de ouro será entregue ao cineasta no dia 5 de setembro, em que haverá uma série de "eventos surpresa" dedicados a Tim Burton. Em seus 23 anos de carreira como diretor, Tim Burton dirigiu doze longas-metragens, o primeiro deles Os Fantasmas se Divertem (1988). "Durante esse tempo, demonstrou uma surpreendente versatilidade, sem jamais sacrificar a unidade temática e de estilo de seu trabalho", disseram os responsáveis. "Os filmes de Burton vão do encantamento à melancolia, freqüentemente em uma mesma imagem, e suas paisagens fantásticas sabem juntar o horror gótico à comédia original", complementaram. Atualmente, o diretor trabalha na adaptação cinematográfica do musical Sweeney Todd", de Stephen Sondheim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.