Tilda Swinton vence Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante 2008

Atriz dedicou prêmio ao seu agente americano: 'se não fosse ele, eu não estaria na América'

Ubiratan Brasil, enviado especial e Redação,

08 Fevereiro 2025 | 15h22

O Oscar 2008 de Melhor Atriz Coadjuvante foi para Tilda Swinton, por seu papel de executiva assassina em Conduta de Risco. O resultado pode ser considerado uma "zebra", uma vez que Cate Blanchett estava cotada como favorita por sua atuação em Não Estou Lá.  Veja também:Confira a lista de vencedores na cerimônia do Oscar 2008  Galeria de fotos do tapete vermelho  Veja as fotos de todos os vencedores Cate Blanchett é a favorita entre as atrizes coadjuvantes Tilda Swinton ficou surpresa com o prêmio. Ela dedicou o Oscar ao seu agente americano, que, segundo ela, se parece muito com a estatueta "nas partes da cabeça e bumbum". "Se não fosse ele, eu não estaria na América, portanto, esse prêmio é para você, Brian." A atriz agradeceu ainda o ator George Clooney. "Sua seriedade e dedicação em seu trabalho em Batman... você foi incrível."  Tilda Swinton diz que não esperava ganhar o Oscar Tilda Swinton chegou à entrevista coletiva agarrando firmemente seu Oscar de melhor atriz coadjuvante por Conduta de Risco. "Eu realmente não esperava esse prêmio. Sei que é lugar comum dizer isso, mas eu acreditava que Ruby Dee iria sair vencedora", disse ela que, com o prêmio, acredita ter mais chances de participar de projetos americanos. A atriz garantiu também que não exagerou ao dedicar o prêmio a seu agente, Brian Swardstrom. "Ele realmente se parece com essa estatueta, além de me convencer sempre a entrar em projetos que julga promissores." Tilda, que garantiu não estar casada ("Apenas tenho filhos com alguém") vibrou ao ser informada, durante a entrevista, da vitória de Marion Cottilard como melhor atriz em Piaf - Um Hino ao Amor. "Ela conseguiu dar uma verdade incomparável ao papel, por isso mereceu o prêmio." Também disputavam na categoria Cate Blanchett (Não Estou Lá), Ruby Dee (O Gângster), Saoirse Ronan (Desejo e Reparação), Amy Ryan (Medo da Verdade).

Mais conteúdo sobre:
OSCARATRIZ COADJUVANTE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.