Tenda Tecnológica tem oficinas de vídeo

Tiradentes está respirando cinema desde a última sexta-feira. E o público pode ter mais que as exibições de curtas, longas e vídeos. A Tenda Tecnológica, com capacidade para 300 pessoas, funciona no Largo da Rodoviária e é um espaço interativo com o objetivo de mostrar o que acontece por trás das câmeras a quem estiver interessado. Lá também estão sendo organizadas algumas oficinas da mostra, como de vídeo e iluminação de cinema.Cinco empresas de Belo Horizonte e os Estúdios Mega de São Paulo se uniram para colocar em prática a idéia. A LocAll, AD Webmarketing, Mac Home Apple, Lighting Show e VTM montaram uma estrutura com alguns dos mais modernos e sofisticados equipamentos de cinema, vídeo e mídias digitais disponíveis no mercado.Toda a atividade é monitorada e os participantes devem se cadastrar para formar os grupos de interesse, que são Internet Streamming, Fotografia Digital para cinema e TV, Cobertura dos eventos pela Internet, Making-off e a realização de Vídeo para mídias convergentes, Pós-produção para TV, Cinema e outros meios de comunicação, Iluminação de Cinema, TV e grande eventos, e música interativa. Segundo Tony Martin, coordenador do espaço, a tenda pretende ser um espaço didático, onde as pessoas podem participar e entender o funcionamento dos processos de produção e pós-produção de cinema digital. "A idéia é oferecer uma estrutura de apoio aos festivais. Queremos expandir para o Brasil todo", diz.Igor San Martin, da Lighting Show, responsável pela iluminação do espaço, diz que outro objetivo é democratizar as informações relacionadas a cinema. "Hoje, no Brasil, cinema é muito elitizado. E nossa juventude é muito criativa, ninguém pode ser excluído. Queremos agregar aos festivais a parte de aprendizado", afirma.A tenda também oferecerá duas palestras durante a mostra. A primeira é um relato sobre o filme Matter-Dei, primeira produção em formato digital do Brasil, no dia 25, às 14h30. A outra palestra tem como título Novas Perspectivas do Cinema Digital, e acontece no dia 25, às 15h30. Música Interativa - Uma das atividades mais interessantes da Tenda Tecnológica é a "i-box", um mini-estúdio onde as pessoas podem gravar qualquer manifestação sonora, inclusive com instrumentos musicais. No dia 27, encerramento da mostra, os integrantes da i-banda, que estão organizando as sugestões e que colocaram a idéia em prática, apresentam uma música totalmente interativa, com o tema "paz", a ser feita com as sugestões dos participantes. Somente no último fim-de-semana foram mais de 800 participações registradas. Segundo Welderson Marx, da i-banda, o importante é a participação. "Qualquer pessoa que participa com uma nota sequer ajuda. O interessante é levar a mensagem da paz", afirma. Welderson pretende futuramente levar a idéia a periferias e favelas. "Queremos colocar em prática o lado social da música". A i-banda foi formada há cerca de um mês, especialmente para concretizar o projeto de música interativa. Ela já se apresentou no último sábado, agitando a tenda com sucessos conhecidos do grande público. A banda ainda tem duas apresentações, na quarta e no sábado, à 0h. Mais informações sobre o grupo no site www.ibanda.com.br

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.