"Tainá, uma Aventura na Amazônia" estréia no verão

Com estréia prevista para janeiro de 2001, Tainá, uma Aventura na Amazônia, com direção de Tânia Lamarca e Sérgio Bloch, promete ser uma das boas opções de lazer para a criançada durante as férias. O grande destaque do filme é a atriz mirim Eunice Baía, que faz a personagem-título. Descendente de índios, a menina paraense foi escolhida entre 3 mil crianças testadas para interpretar Tainá. Pedro Carlos Rovai, produtor do filme, conta que o rosto de Eunice no vídeo encantou a todos desde o primeiro momento.Eunice, antes de ser descoberta, morava com os pais e os oito irmãos na Vila do Conde, em Barcarena, município localizado há duas horas de barco de Belém. A menina foi escolhida para fazer o filme bem no dia em que completava 8 anos, 2 de junho de 1998. "Ela era um bichinho-do-mato, vinha de uma família humilde. Não sabia ler nem escrever", conta Rovai. Para preparar Eunice, a professora Fátima Toledo foi especialmente de São Paulo para Manaus. Ela também foi responsável pela preparação de Fernando Ramos da Silva, de Pixote - a Lei do mais Fraco e Vinícius de Oliveira, de Central do Brasil.A pequena atriz decorou todas as suas falas com a ajuda de outras pessoas já que, quando as filmagens começaram, ela ainda não tinha aprendido a ler. Carlos Pedro Rovai conta que logo no primeiro dia das filmagens, o ator Rui Polanah, que no filme interpreta o avô de Tainá, declarou "estamos perdidos". O produtor não entendeu o por quê da preocupação, achando que ainda era mito cedo para detectar algum problema. Mas logo, a preocupação foi esclarecida. "Essa menina vai engolir a todos nós", explicou o ator referindo-se ao talento de Eunice. Acostumada com a vida "selvagem", a pequena atriz filmou com naturalidade cenas em que segurava animais como cobras e jacarés e não se intimidou em andar descalça pela floresta amazônica.Hoje Eunice está com 10 anos e sua vida mudou muito. A produtora de elenco Noêmia Duarte, conseguiu a guarda da menina, que agora mora em São Paulo. A família de Eunice continua morando no Pará e recebe uma ajuda de custo da produtora do filme. A menina leva a vida de uma típica garota urbana - estuda, faz balé clássico, natação e arte dramática. Eunice adorou toda essa mudança. "Estou muito feliz", contou por telefone. Apesar disso, ainda não sabe se pretende continuar na carreira que transformou sua vida. "Ainda não decidi se quero ser atriz".As mães choram - Segundo Rovai, Tainá - Uma Aventura na Amazônia, agrada crianças de 3 a 12 anos. O filme conta a história de uma indiazinha orfã de oito anos que vive na Amazônia com o sábio avô Tigê. Ao longo de suas aventuras, salva o macaquinho Catu das mãos de um traficante de animais. Ela foge e acaba conhecendo a bióloga e seu filho Joninho (Caio Romei), menino de dez anos que mora a contragosto na selva. Depois de um desentendimento inicial, o garoto consegue superar seus limites de menino da cidade e ajuda Tainá a enfrentar os contrabandistas que vendem animais para pesquisas genéticas no exterior. Rovai também destaca a atuação de Caio Romei no filme. O ator, de 12 anos, é conhecido do público por sua participação na novela Chiquititas.O filme está participando do Festival de Cinema Rio BR. Antes, já havia sido exibido em uma sessão especial no Festival de Gramado. Apesar de ser dedicado ao público infantil, Rovai afirma que é muito comum as mães chorarem de emoção com a história. Captar os recursos para o filme foi uma tarefa bastante complicada. O longa foi totalmente filmado na Amazônia, o que encarece a produção. Rovai conta que devido à chuvas, só é possível filmar de maio a julho. As filmagens foram dividas em duas etapas. No primeiro ano, filmou-se a participação dos atores. No ano seguinte, foi a vez de filmar os animais que têm uma participação importante na história. Sérgio Bloch cuidou da direção apenas no início, já que teve que se afastar por problemas pessoais. Depois, Tânia Lamarca, que era produtora executiva, assumiu o projeto. No total, o filme consumiu R$ 4 milhões. Agora, falta captar os recursos para o lançamento. Rovai acredita que Tainá - Uma Aventura na Amazônia tem tudo para agradar. "No Brasil, existe um mercado para o público infantil. Nos últimos 4 anos, mais de 50% dos espectadores que vão ao cinema são crianças".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.