Suspense 'Contraband' lidera bilheterias norte-americanas

O suspense "Contraband", com o ator Mark Wahlberg, foi o filme com maior bilheteria no fim de semana nos cinemas dos Estados Unidos e Canadá, superando as expectativas com estimados US$24,1 milhões em vendas de ingressos. "Contraband" obteve mais US$ 1,5 milhão em sete outros mercados na estreia mundial no final de semana, chegando a US$ 25,6 milhões, afirmou a distribuidora Universal Pictures.

REUTERS

16 de janeiro de 2012 | 08h56

Em segundo lugar, o remake em 3D do clássico da Walt Disney Co "A Bela e a Fera" também foi além das previsões do estúdio, arrecadando US$ 18,5 milhões nos cinemas dos dois países, de sexta-feira a domingo.

"Contraband" conta a história de um contrabandista, interpretado por Wahlberg, que aceita um trabalho arriscado para acabar com a dívida de seu cunhado. Críticos receberam o filme de forma variada. No site Rotten Tomatoes, 46 por cento das resenhas elogiaram o filme. O público gostou mais, dando, em média, nota A na pesquisa realizada pela empresa CinemaScore.

"Contraband" custou em torno de US$ 25 milhões para ser produzido e foi co-financiado pela empresa privada Relativity Media. O desempenho do filme excedeu a previsão de US$ 15 milhões da Universal para as vendas do fim de semana de lançamento, disse a presidente de distribuição da Universal Pictures, Nikki Rocco. "É claramente, claramente um sucesso para nós", ressaltou Nikki.

A Universal projetou que a arrecadação de "Contraband" chegaria a US$ 28,4 milhões até o final desta segunda-feira, dia do feriado norte-americano em homenagem a Martin Luther King Jr.

A Disney projetou que "A Bela e a Fera" atingiria US$ 24,7 milhões na segunda-feira, atraindo famílias que têm as crianças em casa por causa do feriado. O estúdio converteu "A Bela e a Fera" em 3D após o remake do último outono de "Rei Leão" no mesmo formato ter alavancado US$ 169 milhões nas vendas globais, surpreendendo a indústria cinematográfica e o estúdio.

A Disney planeja futuros lançamentos em 3D de "Procurando Nemo", "Monstros S.A." e "A Pequena Sereia".

Em terceiro lugar, o sequência de ação com Tom Cruise "Missão Impossível: o Protocolo Fantasma" arrecadou US$ 11,5 milhões durante o seu quinto fim de semana nos cinemas. Até agora, o filme gerou US$ 506,7 milhões no mundo.

O novo filme "Joyful Noise", um conto musical sobre um coral de igreja, terminou o fim de semana em quarto lugar, com US$ 11,3 milhões. Em "Joyful Noise" estrelam Queen Latifah e Dolly Parton em seu primeiro papel no cinema em 19 anos. O par interpreta líderes de um coral de igreja de uma pequena cidade, que tenta vencer uma competição de canto.

Em quinto lugar, a sequência de detetive com Robert Downey Jr., "Sherlock Holmes: O Jogo de Sombras", faturou US$ 8,4 milhões.

A Universal Pictures, uma unidade da Comcast Corp, lançou "Contraband". A divisão de estúdio da Walt Disney Co distribuiu "A Bela e a Fera 3D" enquanto "Joyfyl Noise e "Sherlock Holmes" foram distribuídos pela Time Warner Inc, unidade da Warner Bros. A Paramount Pictues, unidade da Viacom Inc, lançou "Missão Impossível".

Por Lisa Richwine

Tudo o que sabemos sobre:
FILMECONTRABANDBILHETERIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.