Super-herói nativo encara Super-Homem na Índia

Vestido com elegantes trajes negros e o rosto coberto com uma máscara, ele corre como o vento, salta sobre as árvores e prédios e luta contra forças do mal com a ajuda de seus poderes sobrenaturais. Ele é o super-herói de Bollywood, no filme Krrish que vai chegar às telas da Índia nesta próxima sexta-feira, uma semana antes da estréia do filme do Super-Homen, Superman - O Retorno.O famoso diretor indiano Rakesh Roshan contratou o próprio filho, o popular ator Hrithik Roshan, para estrelar o filme. Krrish é a seqüência ao sucesso de 2003 do mesmo diretor, Koi Mil Gaya (Encontrei Alguém, em tradução livre). Inspirado pelo filme ET - O Extraterrestre, dirigido por Steven Spielberg em 1982, Koi Mil Gaya contava a história de um jovem com problemas mentais que encontrava um alienígena e recebia poderes sobrenaturais do alienígena.Krrish avança e conta a história do filho do jovem do primeiro filme, que nasceu com poderes sobrenaturais semelhantes e usa estes poderes para lutar contra um cientista.Novo gêneroPassado em Cingapura, o filme tem a marca registrada de Bollywood, com seqüências de música e dança.O diretor Rakesh Roshan disse à BBC que decidiu explorar o novo gênero com um super-herói, pois "ninguém mais parece estar tentando gêneros diferentes"."A maioria dos filmes gira em torno de assuntos de família, drama e temas de amor, nenhum parece se afastar destes temas", disse. "Decidi que tinha que tomar esta medida, elevar o padrão de filmes sendo feitos aqui."Roshan também afirmou que um filme com um personagem como este agora é possível, pois seu filho, o ator Hrithik Roshan, se encaixa neste tipo de personagem."Antes de Hrithik não havia ninguém que eu poderia imaginar como um super-herói. Sua personalidade e físico tornaram possível pensar em tal personagem", acrescentou.EsperadoFilmes da Índia tinham, tradicionalmente, heróis que são capazes de feitos extraordinários como lutar contra qualquer número de homens e sempre vencer. Eles também são vistos pulando de trens em alta velocidade e montando em cavalos galopantes.Mas está é, possivelmente, a primeira vez que um herói no estilo do Super-Homem ou do Homem Aranha está sendo apresentado ao público da Índia.Roshan contratou técnicos de outros países e chamou o conhecido diretor de seqüências de ação de Hong Kong, Tony Ching Siu-tung, para coreografar todas as cenas de ação.Siu-tung já teve seu trabalho reconhecido em filmes como O Clã das Adagas Voadoras, Herói e Shaolin Soccer.Krrish teve um orçamento de US$ 10 milhões, generoso para o padrão de Bollywood.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.