Steven Seagal foi chantageado pela máfia

O ex-ator de filmes de ação e atual budista tibetanoSteven Seagal foi ameaçado pela máfia italiana nos EstadosUnidos e teve de pagar muito dinheiro para a instituiçãocriminosa. A informação consta de documentos referentes a umainvestigação sobre a família Gambino. Os papéis não citamnominalmente o ator, mas fontes da polícia nova-iorquina e daJustiça garantem que ele foi a vítima.Seagal foi obrigado porseu produtor, Julius Nasso, a pagar US$ 150 mil à máfia por cadafilme que fizesse. O ator, que sempre fez papéis de valentõesnas telas, teria ficado tão assustado com as ameaças que chegoua dar US$ 700 mil para o grupo da família Gambino. Seu advogado,Martin Pollner, não comentou o caso. No início deste ano, Nassoprocessou Seagal em US$ 60 milhões por quebra de um contratopara fazer quatro filmes. O caso ainda não foi julgado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.