Steve Martin, a nova pantera cor de rosa

O remake de A Pantera Cor de Rosa, campeão das bilheterias americanas desta semana, traz ainda Kevin Kline e Beyoncé numa mistura de trapalhadas e homenagens ao filme original. Nem o astuto inspetor Jacques Clouseau seria capaz de matar esta charada. Para quem foi feito o novo filme de A Pantera Cor de Rosa? Para o público dos anos 60, que inevitavelmente irá comparar Steve Martin ao incomparável Peter Sellers? Ou para o público jovem, que alimenta a máquina hollywoodiana todos os fins de semana, mas hoje mal conhecem aquela pantera muda, cor-de-rosa, que dominava as manhãs da TV nos anos 80?Seja pela presença de Steve Martin, seja pela força da marca, o remake de A Pantera Cor de Rosa está em primeiro lugar nas bilheterias americanas nesta semana e estréia amanhã no Brasil. Steve Martin só aceitou o arriscadíssimo desafio de substituir Peter Sellers no papel do inspetor Jacques Clouseau por insistência do diretor Shawn Levy, que trabalhou com o comediante no filme Doze É Demais.O resultado dá aquela sensação de tirar uma roupa velha do armário - no caso, a história, de 1963 - e descobrir que ela não é mais tão confortável. Mesmo assim, o filme tem ótimos momentos e garante risadas até para quem nunca tinha ouvido falar da pantera.Vaidoso, metido a esperto e com um ego inflado, Jacques Clouseau é um inspetor francês atrapalhado e dono de um poder de dedução completamente irracional, mas que acaba sendo útil na hora de resolver os crimes. Ele é chamado pelo inspetor Dreyfus (Kevin Kline), louco para receber a Medalha de Honra, para solucionar a morte de um famoso treinador de futebol, Yves Gluant, e o desaparecimento de seu famoso diamante, conhecido como Pantera Cor de Rosa.Clouseau recruta um incansável assistente, Ponton (Jean Reno), e juntos os dois começam a seguir as pistas do assassinato. A investigação os leva à namorada do treinador, Xania, vivida pela cantora (e popozuda) Beyoncé Knowles. Ela ao menos rende uma cena engraçada, quando Ponton começa a interrogá-la e Clouseau o repreende com vigor: "Pare de interrogá-la! Não está vendo que ela é sexy?"A Pantera Cor de Rosa presta algumas homenagens ao original, como na famosa cena em que o inspetor Clouseau tem "problemas" com um globo terrestre. Também tem bons momentos para os fãs de piadas ao estilo de Jim Carrey.O resultado, no entanto, geral provoca a constatação de que é muito mais difícil adaptar um sucesso do passado do que escalar um grande astro para a missão. Os jovens podem até não se incomodar e encher a sala de risadas, mas os fãs da versão original certamente pensarão que o melhor seria ter ficado com o inspetor Clouseau de Peter Sellers, em DVD, no conforto do sofá de casa.O inesquecível inspetor Clouseau de Peter Sellers Peter Sellers fez quatro filmes da série: A Pantera Cor de Rosa (1963), A Volta da Pantera Cor de Rosa (1975), A Nova Transa da Pantera Cor de Rosa (1976) e A Vingança da Pantera Cor de Rosa (1978). Peter trabalhou em outros filmes, mas foi no papel do atrapalhado inspetor que concorreu ao Globo de Ouro e ao Oscar. E mesmo após 26 anos de sua morte, o ator ainda é lembrado como o inspetor Clouseau definitivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.