Warner
Warner

Stephen King e a sua arte de provocar medo em mostra em São Paulo

Mostra O Medo É Seu Melhor Companheiro Cinema vai até dia 25 no CCBB e resgata obras importantes de grandes cineastas que se basearam no escritor

Luiz Carlos Merten, O Estado de S. Paulo

03 de novembro de 2019 | 06h00

Depois de passar pelo Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio, a mostra O Medo É Seu Melhor Companheiro chega ao CCBB de São Paulo. Tem curadoria de Breno Lira Gomes e Rita Ribeiro e é formada por 41 produções, entre filmes, telefilmes e minisséries baseados nas obras de Stephen King, além de outros cinco longas que foram referência para o seu trabalho.

O evento no Rio ocorreu em cima do lançamento de It/A Coisa 2, de Andy Muschietti. Em São Paulo, antecipa e depois vai coexistir, até 25, com o lançamento de Doutor Sono, na próxima quinta. Os ingressos custam R$ 5. Algumas sessões são gratuitas e a mostra prevê debates e master classes com os curadores.

Os filmes deste domingo, 3, são A Maldição, Na Zona da Hora Morta e A Metade Negra. Na segunda, A Tempestade, com mais de 4 horas de duração, será exibido com intervalo. Stephen King virou fenômeno e não apenas editorial. É um escritor de terror, ficção sobrenatural, suspense, ficção científica e fantasia. Seus livros já venderam mais de 400 milhões de cópias, com publicações em mais de 40 países. É o nono autor mais traduzido no mundo.

No cinema, foi adaptado por grandes diretores como Brian De Palma, David Cronenberg, Stanley Kubrick. Justamente Kubrick. A maioria dos críticos vai jurar que O Iluminado é o maior filme adaptado do rei Stephen, mas ele nunca avalizou a versão kubrickiana. Chegou a fazer, em desagravo, uma versão para TV e ainda escreveu Doutor Sono, dando sequência à história de Danny, o garoto que sobrevive à loucura do pai no Hotel Overlook.

Ninguém discute a imaginação do autor, mas talvez ele não seja tudo isso como escritor. Os filmes terminam sendo reinventados por seus autores. Carrie, a Estranha virou marco nos anos 1970 e a curadora vai ministrar uma master class sobre o tema do bullying na adolescência – que a Carrie de Sissy Spacek sofre no filme de De Palma, para reagir com um banho de sangue promovido com seus poderes cinestésicos. Cronenberg tornou-se mestre do fantástico graças ao tema das mutações que as pessoas fazem nos próprios corpos e tragédia de virar uma aberração aos olhos de seus semelhantes.

Na Hora da Zona Morta é sobre professor que sofre acidente às vésperas de casar-se. Sai do coma, anos depois, para descobrir que perdeu tudo, a carreira e a noiva. Mas adquiriu a capacidade de prever o futuro. O dom transforma-se em maldição. Christopher Walken, o ator que faz o papel, mudará o futuro da ex-noiva ou será sua vingança assistir ao que ocorrerá com ela? O Iluminado, o filme, é mais Kubrick que King. O medo ronda os corredores do Hotel Overlokk e vai assombrar o menino Danny que vira adulto em Doutor Sono.

Confira a programação de O Medo É Seu Melhor Companheiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.