"Star Wars" independente faz sucesso na internet

O último filme da série Guerra nas Estrelas foi baixado mais de 3 milhões de vezes pela internet nos últimos meses - um fato que está deixando seus realizadores orgulhosos. O filme em questão, porém, não é A Vingança dos Sith, lançado em maio e oficialmente o terceiro da série de seis filmes de ficção científica que tem uma legião de fãs em todo o mundo.Trata-se de Star Wars: Revelations, uma produção de 40 minutos que custou apenas US$ 20 mil e foi financiado pelo seu próprio diretor, Shane Felux, um fã do universo criado por George Lucas.A história de Star Wars: Revelations se passa no período de tempo entre A Vingança dos Sith e o filme de 1977, que deu origem à série. Ele narra as histórias de cavaleiros jedi que ainda não foram vítimas das forças de Darth Vader.Felux demorou três anos para fazer o filme, contando com a colaboração voluntária de mais de 200 profissionais do cinema que aceitaram trabalhar em seu tempo livre."É uma época excelente para o cinema independente ou qualquer um que sonhe fazer um filme. Filmes podem ser feitos em casa, necessitando apenas de muita dedicação e trabalho e organização", diz Felux. "Há dez anos, programas de edição de imagem eram exclusividade de Hollywood ou de uma elite". Felux estudou direção e interpretação e sua mulher é uma figurinista profissional. O filme traz efeitos especiais, iluminação e som de qualidade profissional, vários figurantes, figurinos e locações extravagantes.O casal diz que se inspirou no grande número de filmes de fãs disponíveis na internet, mas queria fazer algo com mais qualidade.Hoje em dia já existe até um prêmio instituído para filmes feitos por fãs de Star Wars. Entre os filmes de fãs há desde os que procuram se parecer o máximo possível com a série original até sátiras, como a animação Star Wars Gangsta Rap. Nesse desenho, Darth Vader conta a Luke Skywalker que é seu pai, por meio de um rap.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.