Stan Lee ganha milhões com Homem-Aranha

Um juiz de Nova York aceitou o pedido de Lee de 10% dos lucros da Marvel originados com os dois filmes do Homem Aranha, sucessos de bilheteria.Os dois filmes somaram US$ 1,6 bilhão em todo o mundo. Lee, de 82 anos, criou o Homem Aranha em 1962.Sobre o total a que Lee terá direito agora, seu advogado disse: "Podem ser dezenas de milhões de dólares, sem exagero".O juiz Robert W. Sweet determinou que Lee receba 10% dos lucros gerados desde novembro de 1998 pelas produções da Marvel para TV e cinema.Lee entrou com uma ação legal contra a empresa em 2002, dizendo que a Marvel o tinha excluído de lucros milionários.Ele disse que a empresa - onde trabalhou por mais de 60 anos - tinha voltado atrás em um acordo para dar a ele os 10%.Além do Homem Aranha, Lee criou o Incrível Hulk, X-Man, Daredevil - o Demolidor e os Quatro Fantásticos."Estou contente com a decisão do juiz, mas, como tenho muito afeto pela Marvel e pelas pessoas que trabalham lá, lamento sinceramente que a situação tenha chegado a esse ponto", disse.A determinação também significa que ele tem direito a uma fatia dos lucros gerados pela venda de DVDs e por alguns produtos.A Marvel disse que vai apelar e que não espera que a decisão tenha impacto sobre suas finanças. O tribunal ainda não chegou a uma decisão sobre o pedido de Lee para uma fatia dos lucros sobre alguns produtos baseados nos filmes do Homem Aranha e do Incrível Hulk, o que será determinado em um futuro julgamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.