Stallone volta aos cinemas como Rocky, após 16 anos

Sylvester Stallone volta aos ringues no dia 20 de dezembro, no filme Rocky Balboa, da MGM, em mais uma continuação da saga do boxeador. O ator também escreveu e dirigiu o filme, que surge 16 anos depois do último longa da série, segundo a revista Hollywood Reporter."Fiquei muito decepcionado com Rocky 5 (de 1990), e queria encerrar a série numa nota positiva, que os fãs aprovariam", disse Stallone, respondendo por que resolveu fazer mais um filme da série."Além disso, acho que seria interessante mostrar como um homem lida com o terço final de sua vida, porque todo mundo vai chegar a esse ponto", afirmou. "Eles enfrentam o futuro desconhecido com otimismo ou se refugiam nas glórias e nas lembranças do passado?"Stallone explicou que foi preciso trabalhar duro no roteiro para encontrar uma crise dramática que colocasse Rocky num dilema sem saída.A solução foi a morte da mulher dele, Adrian, o que, segundo o ator, criou a oportunidade para que houvesse situações dramáticas como as do primeiro filme Rocky, o Lutador, de 1976.O ator e diretor contou que seus maiores desafios para rodar o filme foram, na ordem, escalar o ator que faria o adversário de Rocky, escolher a protagonista feminina (Geraldine Hughes) e dar realismo à luta.Questionado sobre quais momentos das gravações foram inesquecíveis, Stallone citou dois: "O dia em que a neve despencou sobre a escada (do Museu de Arte da Filadélfia) enquanto Rocky as subia, e ter meus filhos comigo no ringue para tirar uma foto."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.