Spike Lee rompe tabu e filma Marco Zero

Dois filmes prontos para estrear vão quebrar o tabu americano com o Marco Zero, local onde ficavam as torres do World Trade Center, destruídas em 11 de setembro de 2001. 25th Hour, de Spike Lee, e The Guys, de Jym Simpson, trazem cenas filmadas no local. O filme do diretor de Faça a Coisa Certa e Malcom X sofreu várias modificações no roteiro para que incluir referências aos atentados."Imagens de televisão e fotografias não fazem justiça à dimensão e à gravidade da devastação", afirmou Spike Lee. Ele refuta possíveis acusações de estar tirando proveito das atenções que o local desperta desde que virou ponto de peregrinação e homenagem aos mortos dos atentados. "Não fizemos esforço algum para sermos os primeiros a mostrar as imagens do Ponto Zero. Quando fizemos o filme não pensamos jamais que isto seria uma novidade", disse.A história de 25th Hour não está ligada a terrorismo ou atentados de qualquer espécie. O filme conta a história de um traficante de drogas, interpretado por Edward Norton. Passado em nova York, o próximo longa de Spike Lee mostra os raios laser que foram projetados do chão para o céu a partir do Ponto Zero e que imitaram os prédios destruídos.Depois de A Hora do Show, de 2000, Spike Lee dirigiu dois documentários, um deles para a TV, e recebeu uma homenagem da classe cinematográfica inglesa, no mês passado.Já The Guys trata diretamente de atentados terroristas. A história mostra Sigourney Weaver no papel da jornalista Anne Nelson. Ela ajuda um capitão dos bombeiros a escrever orações fúnebres em homenagem a quatro colegas mortos em atentados. O diretor Jym Simpson é o marido de Sigourney Weaver.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.