Spielberg e a esposa se unem na luta pelo casamento gay

Assim como fez Brad Pitt, diretor e Kate Capshaw doaram US$ 100 mil a uma campanha contra a Proposta 8

Efe,

08 de setembro de 2023 | 11h16

Assim como fez o ator Brad Pitt na semana passada, o diretor Steven Spielberg e sua esposa Kate Capshaw doaram US$ 100 mil a uma campanha contra a Proposition 8 (Proposta 8), uma iniciativa que exige a proibição dos casamentos homossexuais no estado da Califórnia. Veja também:Brad Pitt doa R$ 100 mil para apoiar união entre homossexuais  Spielberg e Capshaw afirmaram, em comunicado publicado na segunda-feira, 22, que a Proposition 8 busca "eliminar o direito de todos e cada um dos cidadãos em nosso Estado a se casar sem se importar sua orientação sexual". As contribuições de Pitt, Spielberg e Kate foram destinadas ao grupo Californianos Contra a Eliminação dos Direitos Básicos. "Essa discriminação não tem lugar na Constituição da Califórnia, nem em nenhuma outra", concluiu o texto do casal, que está junto desde 1991. O produtor Bruce Cohen, envolvido na campanha para derrotar essa iniciativa, acrescentou que é "fenomenal que Kate e Steven declarem o firme compromisso pela igualdade de maneira tão significativa". A Proposition 8 destaca que o casamento se limitará a um homem com uma mulher. Em 15 de maio, a Suprema Corte da Califórnia declarou inconstitucionais as leis que proíbem o casamento entre pessoas do mesmo sexo nesse estado. A medida será votada legalmente nas eleições presidenciais de novembro nos Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.