Soderbergh patina nas bilheterias

O novo filme de Steven Soderbergh é um dos fracassosdeste verão americano nas telas. A produção Full Frontal,uma espécie de seqüência do hit de estréia do diretor, sexo,mentiras e videotape (1989), faturou apenas US$ 400 mil em 200cinemas americanos este fim de semana. O filme, que custou US$ 2milhões para ser produzido, conseguir arrecadar US$ 1 milhão atéagora.De acordo com o estúdio Miramax, a idéia não era transformá-lo em hit,mas apenas uma oportunidade para vários astros trabalharem em um projetoparalelo. O filme teve seu roteiro confuso criticado emvárias publicações. No elenco estão Julia Roberts, Brad Pitt,Blair Underwood, David Duchovny, David Hyde Pierce, CatherineKeener e Terence Stamp. A fita foi rodada em vídeo digital, daío custo baixo.Seu título original era How to Survive a Hotel Room Fire ("como sobreviver a um incêncio num quarto de hotel"),que foi descartado depois da tragédia de 11 de setembro. Emseguida, passou a ser chamado de The Art of Negotiating ("a arte de negociar"), mas muita gente achou o nome pedante. A Miramax estaria prestes a tirar o filme de cartaz, para ocupar as salas de cinema comoutras produções com chances de fazer mais dinheiro.A atração principal de Full Frontal está nos bastidores: umalista de 18 exigências do diretor para o elenco. Entre elas:"Você vai dirigir a si mesmo para o set", "Você vai pegar emanter o próprio guarda-roupa para o filme" e "Você vai cuidarde seu cabelo e de sua maquiagem". A lista deve fazer parte do DVD do filme.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.