Smurfs vão virar filme para comemorar 50 anos

Os Smurfs, os gnomos azuis comchapéus brancos e caldas pequenas, vão comemorar o 50oaniversário do desenho com um filme no cinema, após o anúncionesta terça-feira de um contrato com a Columbia Pictures. O estúdio da Sony Corp disse que adquiriu os direitos dospersonagens belgas da empresa Lafig Belgium S.A para adaptá-lospara o cinema, numa produção que misturará computação gráfica eatores reais. A 20th Century Fox adaptou o desenho animado "Alvin e osEsquilos" em formato parecido recentemente. Assim como Alvin e seus companheiros roedores, os Smurfsserão criados com tecnologia CGI e vão interagir com oshumanos. O elenco e o diretor ainda não foram escolhidos, mas oestúdio está negociando com David Stem e David Weiss, a duplapor trás da trilogia "Shrek" e de "Os Anjinhos -- O Filme",para escreverem um roteiro para os Smurfs. Desenhados de maneira simples, os Smurfs -- que têm aaltura de "apenas três maçãs", pele azul, calças e chapéusbrancos, estão entre os personagens mais famosos do mundo. Com mais de 100 indivíduos, a maioria deles do sexomasculino, todos têm o nome Smurf e um apelido descritivo --como Smurf Preguiçoso, Smurf Inteligente e Papai Smurf. Criado em 1958 pelo cartunista belga Pierre Culliford, maisconhecido como Peyo, os Smurfs apareceram pela primeira vez emtirinhas belgas chamadas Led Schtroumpfs, em francês. Eles são mais conhecidos nos países de língua inglesa e noBrasil pelo desenho animado da Hanna-Barbera, que foi ao ar nosanos 1980 e ainda é exibida em quase 30 países. O fenômeno Smurf também gerou um enorme império demerchandising, com produtos que vão de bonecos a jogos,brinquedos e vídeos. Os direitos dos personagens foram garantidos em 2002, e oprodutor do projeto, Jordan Kerner, tem desenvolvido os traçosdos gnomos na Paramount Pictures, que agora tem a opção deco-financiar o projeto e distribui-lo internacionalmente. Ainda não há data prevista para a produção nem para olançamento do filme, mas um porta-voz da Columbia disse:"Estamos comprometidos com o projeto e esperamos começá-lo omais rápido possível".

STEVE GORMAN, REUTERS

08 de junho de 2011 | 15h50

Tudo o que sabemos sobre:
FILMESMURFS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.