'Slumdog Millionaire' e Kate Winslet faturam no Globo de Ouro

Atriz ganha o troféu de melhor atriz e melhor atriz coadjuvante por 'O Leitor' e 'Apenas um Sonho'

Teresa Ribeiro, do estadao.com.br, com agências internacionais,

09 de janeiro de 2011 | 23h38

A 66.ª edição do Globo de Ouro consagra Kate Winslet. A atriz ganhou o primeiro prêmio da noite como melhor atriz coagjuvante pelo filme O Leitor, de Stephen Daldry. E já no final da cerimônia venceu Meryl Streep, Angelina Jolie, Anne Hathaway e Kristin Scott Thomas, conquistando o prêmio de melhor atriz. Agradeceu especialmente a Leonardo DiCaprio, com quem fez o par romântico ícone do cinema em Titanic e com quem só agora, 11 anos depois, voltou a contracenar em Apenas um Sonho, filme dirigido por seu marido Sam Mendes.   Veja também: Confira a lista com todos os vencedores  Globo de Ouro retorna cheio de glamour e sem favorito Trailer de Slumdog Millionaire no YouTube  Trailer de Apenas um Sonho   Trailer de O Leitor    "Vocês tem que me desculpar, por que eu não tenho o hábito de ganhar coisas", disse a atriz visivelmente emocionada, enxugando as lágrimas, após levar a primeira estatueta. Da segunda vez que subiu ao palco disse, "eu sinto muito", e citou o nome das demais concorrentes...   O astro Tom Cruise anunciou o grande vencedor da noite: o filme indiano Slumdog Millionaire, um co-produção britânica, que rendeu o prêmio de melhor direção para Danny Boyle, de melhor roteiro para Simon Beaufoy e de melhor trilha sonora para A. R. Rahma, faturando assim quatro troféus. O filme conta a história de um jovem analfabeto que participa de um programa de perguntas e respostas e surpreende a todos ao ganhar o jogo, com o qual pretendia reconquistar a amada.   Mickey Rourke conquistou o Globo de Ouro de melhor ator por The Wrestler, vencendo ícones de Hollywood como Leonardo DiCaprio, Sean Penn, Brad Pitt e Frank Langella.   Colin Farrell conquistou o Globo de Ouro de melhor ator em filme musical ou comédia por Na Mira do Chefe, deixando para trás Javier Bardem (Vicky Cristina Barcelona), considerado um forte candidato, assim como Dustin Hofman (Last Chance Harvey).   Já o prêmio póstumo a Heath Leager, como melhor ator coadjuvante por seu desempenho como o Coringa em Batman, O Cavaleiro das Trevas, confirmou as expectativas e causou um momento emocionante na festa. E reforça ainda mais as possibilidades de o ator conquistar o primeiro Oscar jamais concedido a um ator já falecido.   Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen, ganhou o Globo de Ouro de melhor musical ou comédia, deixando para trás Mamma Mia!, que era um dos fortes concorrentes da categoria.   A festa da Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood deste ano tem um glamour especial, após ter sido suspensa no ano passado, por conta de uma greve dos roteiristas. Três filmes despontavam como favoritos da premiação: O Curioso Caso de Benjamin Button, Frost/Nixon e Dúvida, empatados com cinco indicações cada.   Outro momento surpresa da noite foi o prêmio de Melhor atriz em filme - Musical ou Comédia para  Sally Hawkins, por Simplesmente Feliz. Ela  competiu com grandes nomes como  Meryl Streep (Mamma Mia!), Emma Thompson  (Last Chance Harvey), Rebecca Hall (Vicky Cristina Barcelona) e  Frances McDormand (Queime Depois de Ler).   Animação   Wall-E do estúdio Pixar ganhou o globo de Ouro de melhor animação e conquistou as crianças e adultos de todo o mundo com a história de um robô que fica na Terra após o desaparecimento dos seres humanos. Uma inovação foi a vitória de Valsa com Bashir, um filme de animação israelense, como melhor filme estrangeiro, não só pelo gênero animação, mas também por superar a forte concorrência de Gomorra. A produção pôde ser vista aqui, durante a última Mostra de Cinema de São Paulo.   Prêmios para TV   A série da HBO John Adams ganhou o Globo de Ouro de melhor minissérie ou filme feito para a TV e rendeu a Laura Linney o prêmio de melhor atriz na categoria  e o de melhor ator para Paul Giamatti. Levou ainda o troféu de melhor ator coadjuvante com Tom Wilkinson.   Já o prêmio de melhor atriz coadjuvante de minisérie, série ou filme de televisão ficou com Laura Dern, que ganhou seu segundo Globo de Ouro por seu papel em Recount.   30 Rock, como era previsto, ganhou o prêmio de Melhor série de TV - Musical ou Comédia. A série de Tina Fey, que criou, protagonizou e escreveu o roteiro do seriado também ganhou o Emmy de 2008. E para provar que 2008 foi o seu ano, a atriz ganhou ainda o prêmio de melhor atriz de comédia.   Já o troféu de melhor série dramática de TV ficou com Mad Men.   Homenagem a Steven Spielberg   Martin Scorsese foi o diretor escolhido para entregar o Prêmio honorífico Cecil B. DeMille a Steven Spielberg, que não o recebeu no ano passado por conta da suspensão da cerimônia. Principal elogio de Scorsese foi para a capacidade de inventar e reinventar do colega, com um "talento raro" e "uma capacidade de enquadrar que é sua maior qualidade". Cenas de vários filmes do diretor foram exibidas: Tubarão, A Lista de Schindler, Indiana Jones, E.T.,  A Cor Púrpura, Jurassic Park, Império do Sol, Contatos Imediatos de Terceiro Grau, entre outros. Spielberg, por sua vez, agradeceu a Cecil De Mille (1881-1959), autor do primeiro filme a que assistiu na vida, O Maior Espetáculo da Terra, em 1952, levado por seu pai aos 6 anos de idade. "Nunca vou me esquecer daquele dia, em que ao entrar no cinema era dia e ao sair era noite". Foi a partir deste filme que ele começou a fazer suas primeiras experiências, por assim dizer, cinematográficas. Spielberg foi aplaudido de pé e longamente pela célebre platéia.   Texto atualizado às 2h40

Tudo o que sabemos sobre:
globo de ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.