Sindicato premia <i>Miss Sunshine</i> e <i>Os Infiltrados</i>

A comédia Pequena Miss Sunshine e o thriller policial Os Infiltrados receberam os prêmios mais importantes do Sindicato dos Roteiristas dos EUA (Writers Guild of America, ou WGA), preparando o palco para uma disputa entre os dois filmes na cerimônia do Oscar, que acontecerá em duas semanas.Pequena Miss Sunshine, que fala sobre uma família disfuncional que atravessa os Estados Unidos com sua filha pequena para que ela participe de um concurso de beleza, recebeu o prêmio de melhor roteiro original, entregue a Michael Arndt pelo WGA, que representa os roteiristas de cinema e televisão.Os Infiltrados, dirigido por Martin Scorsese e que fala da corrupção na polícia estadual de Massachusetts, valeu a seu roteirista, William Monahan, o prêmio de melhor roteiro adaptado.Ao aceitar seu prêmio, Arndt disse que escreveu Pequena Miss Sunshine quando estava sem trabalho e não tinha créditos de roteirista em seu nome, mas que, mesmo assim, os produtores apostaram nele. Ele agradeceu os produtores Albert Berger, Ron Yerxa e Marc Turtletaub por terem impedido que o filme chegasse aos grandes estúdios de Hollywood, onde poderia ter sido modificado.Como ele, Monahan também agradeceu aos roteiristas de Hollywood pelo prêmio recebido por Os Infiltrados.OscarOs dois longas receberam inúmeros elogios da crítica e foram indicados para o Oscar de melhor filme, que será entregue no próximo dia 25 de pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.Pequena Miss Sunshine já tinha sido escolhido melhor filme pelo Sindicato de Produtores dos EUA e recebeu o prêmio de melhor elenco do Sindicato de Atores. Scorsese recebeu o prêmio de melhor diretor do Sindicato de Diretores dos EUA.Com o prêmio deste domingo, 11, Miss Sunshine e Os Infiltrados estão claramente entre os favoritos para o Oscar de melhor filme, porque muitos membros dos sindicatos também votam no Oscar.Os outros três indicados ao Oscar de melhor filme são A Rainha, de Stephen Frears, sobre a família real britânica, o drama de guerra falado em japonês Cartas de Iwo Jima, de Clint Eastwood, e a contundente saga cultural Babel, do mexicano Alejandro González Iñárritu.O Sindicato de Roteiristas entregou o prêmio de melhor roteiro de documentário a Amy Berg por Deliver Us From Evil, sobre o abuso sexual infantil cometido por um padre católico e os esforços de autoridades da igreja para proteger o padre em questão. O filme também foi indicado ao Oscar de melhor documentário.O Sindicato de Roteiristas também premia programas de TV, e os grandes vencedores nessa área foram o drama A Família Soprano, sobre uma família mafiosa, por melhor seriado dramático, e The Office por melhor seriado cômico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.