Sindicato dos Roteiristas premia Brokeback e Crash

Os filmes O Segredo de Brokeback Mountain e Crash - No Limite avançaram hoje em sua caminhada rumo ao Oscar ao receberem, do Sindicato dos Roteiristas, os prêmios de melhor roteiro adaptado e melhor roteiro original, respectivamente. As distinções, já esperadas no meio, foram anunciadas em Los Angeles e Nova York.O prêmio é uma nova vitória para O Segredo de Brokeback Mountain, filme que conta a trágica história de amor entre dois caubóis e que recebeu oito indicações ao Oscar, inclusive ao de melhor roteiro adaptado, um trabalho de Diana Ossana e Larry McMurtry.Baseado num conto de Annie Proulx, O Segredo de Brokeback Mountain obteve ao longo de janeiro quatro Globos de Ouro, entre eles o de melhor roteiro adaptado, e os prêmios do Sindicato dos Produtores e do Sindicato dos Diretores, este último concedido ao taiuanês Ang Lee.Por sua vez, Crash - No Limite, drama que enfoca as tensões raciais e acompanha a vida de vários personagens durante um período caótico de 36 horas em Los Aneles, ganhou o prêmio de melhor roteiro original. A história foi escrita em uma parceria entre o diretor Paul Haggis e Bobby Moresco, baseados em uma história de Haggis.Crash concorre a seis estatuetas do Oscar. Além de disputar o prêmios de melhor filme e melhor diretor (o canadense Paul Haggis), o filme briga ainda pelo Oscar de melhor roteiro original. Há uma semana, o longa ganhou o prêmio principal do Sindicato dos Atores, que concedeu a distinção a todo o elenco. O Sindicato dos Roteiristas também entregou um prêmio de honra a Grant Heslov e George Clooney, pelo trabalho de ambos em Boa Noite e Boa Sorte. A intenção foi ressaltar a defesa que o filme faz da liberdade de expressão e dos direitos constitucionais do cidadão.

Agencia Estado,

05 de fevereiro de 2006 | 19h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.