Sharon Stone oferece beijos pela paz em Israel

A atriz norte-americana Sharon Stone disse, hoje, em Israel, que beijaria quem fosse para acabar com o conflito árabe-israelense. Sharon Stone, que ficou famosa pela atuação em Instinto Selvagem (1992), de Paul Verhoeven, ao lado do ator Michael Douglas, chegou ontem em Israel para uma visita de cinco dias patrocinada pelo Centro da Paz Peres, fundado pelo ex-primeiro ministro israelense Simon Peres, que ganhou o prêmio Nobel da Paz em 1996. Sharon declarou que não pode resolver o conflito entre árabes e israelenses, mas que pretende usar sua fama para estimular esforços de ambos os lados para a paz. Quando declarou que beijaria qualquer um pela paz no Oriente Médio, arrancou risadas de multidões de repórteres israelenses, que pediram para que a atriz beijasse as bochechas de Simon Peres. Aproveitando que hoje é o Dia Internacional da Mulher, Sharon estimulou, em discurso, as mulheres a participarem das discussões sobre a paz, que normalmente só contam com a presença de homens. "Acredito que temos todos que trabalhar em equipe. Fomos criados para trabalhar em equipe". Durante sua visita, programou um jogo de futebol com um grupo misto de crianças israelenses e palestinas, além de visitas a hospitais. Pretende também celebrar seu 48.º aniversário em Israel, na sexta-feira, em uma festa de gala, para arrecadar fundos em benefício da educação e saúde das crianças israelenses e palestinas. Sharon Stone já recebeu uma indicação ao Oscar por sua atuação no filme Cassino (1995), de Martin Scorsese. Ela fez uma prostituta viciada em drogas que se casa com um mafioso de Las Vegas, interpretado por Robert De Niro. Seu próximo filme, Instinto Selvagem 2 , tem lançamento previsto para 31 de março, nos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.