Seqüestrador de Olivetto é tema de filme

A prisão do seqüestrador chileno Mauricio Hernández, que manteve o publicitário Washington Olivetto em cativeiro por 53 dias, deve acabar favorecendo a produção de um filme sobre outro de seus feitos criminosos. Trata-se de El Efecto Péndulo, antigo projeto do produtor Italo Retamal sobre uma fuga espetacular liderada por Hernández de uma penitenciária em Santiago do Chile, com mais três outros militantes da Frente Patriótica Manuel Rodríguez, em 1996.O projeto se baseia no livro El Gran Escape, de Ricardo Palma, que também participou da fuga. As filmagens foram adiadas há dois anos, quando o Fundo para as Artes do Ministério da Educação do México, onde Retamal busca sócios para a produção, retirou um aporte de US$ 62 mil.Segundo Retamal, a prisão de Mauricio Hernández serviu para trazê-lo novamente à tona. "A maneira como se deu a prisão transformou o fato em uma história de interesse latino-americano", disse ele. O produtor está à espera de respostas de produtoras mexicanas para iniciar as filmagens. Ele afirma já ter até convocado os atores: Patricio Contreras para viver Hernández, Pablo Macaya para o papel de Ricardo Palma, e Tamara Acosta, que faria um personagem fictício ligado ao grupo de resgate.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.