Seqüência de "A Bruxa de Blair" sai em outubro

Depois do estrondoso sucesso de A Bruxa de Blair, no ano passado, vem aí a continuação Book of Shadows: Blair Witch 2 (Livros das Sombras: Bruxa de Blair 2). O diretor, Joe Berlinger, não esteve no primeiro filme e contou com US$ 10 milhões para fazer sua seqüência, muito mais dinheiro de que seus antecessores dispuseram, Daniel Myrick e Ed Sanchez, que gastaram pouco mais de US$ 30 mil. No entanto, os criadores originais aprovaram o roteiro escrito por Berlinger, depois de ele mesmo desistir de analisar uma série de textos que lhe eram mandados semanalmente dentro de um concurso.Uma estratégia similar a usada pelos diretores da primeira parte - antes de mostrarem o filme no Sundance Festival de 1999 - acompanha o lançamento de Book of Shadows. Primeiro, foi colocado na Internet um detalhado dossiê sobre o assassino Rustin Parr, que foi condenado à morte na pequena cidade de Burkittsville, em Maryland, por ter matado e dilacerado sete crianças entre 1940 e 1941. Esse dossiê era acompanhado por informações sobre Kyle Brody, a única criança que sobrevivera a Rustin Parr, preso em 1947 por suspeita de co-assassinato, e que se matou em 1971 dentro da prisão.Hoje há na rede (www.blairwitch.com) uma detalhada linha do tempo, com os acontecimentos que rondam a pequena cidade e suas lendas, do século 19 até hoje. Além de tudo, um documentário chamado The Burkittsville Seven (Os Sete de Burkittsville), de 30 minutos, foi ao ar em julho, na tevê americana, contando a história das crianças. Claro que, ao contrário do primeiro, tudo isto teve muito mais uma função folclórica e publicitária. Mesmo porque Book of Shadows é, abertamente, um filme de ficção, gravado em 35 milímetros sem a "câmera balançante" que marcou o primeiro filme.Como no primeiro filme, estão no elenco atores novatos. Jeffrey Donovan, Kim Director, Erica Leerhsen, Tristen Skylar e Stephen Barker Turner interpretam um grupo de jovens que ficaram fanáticos pelas lendas da bruxa depois que viram o primeiro filme. Eles vão à famosa floresta de Burkittsville e lá armam um acampamento. No dia seguinte, aparece tudo remexido. Pela manhã, os acampantes não conseguem se lembrar de cinco horas dessa noite e vão em busca do que aconteceu. Para apimentar, Erica faz o papel de uma apreciadora de magia, que encara o mal em pessoa na sua tentativa de desmentir as crueldades atribuídas à bruxa, que seriam, na realidade, heranças de psicopatas como Rustin Parr.O filme de Berlinger está agora no final da pós-produção. Book of Shadows está tão quente, que já foi incluído nos lançamentos oficiais do outono americano. E uma boa notícia para os brasileiros fãs da bruxa foi dada pela distribuidora Artisan na semana passada: o filme deve ter lançamento simultâneo em seis países, dia 27 de outubro. Além dos Estados Unidos, os outros favorecidos não foram revelados, mas o Brasil está na parada, dada a ótima bilheteria que o primeiro filme teve por aqui.Antes que este filme saia de circuito, os diretores originais, Ed Sanchez e Daniel Myrick, já deverão estar filmando um prelúdio do filme A Bruxa de Blair, contando os fatos históricos que antecederam o desaparecimento dos três estudantes de cinema na mata. Sem nome definido (foi cogitado The Blair Witch Files, porém não confirmado), o filme reportaria a caçada que a cidade de Burkittsville empreendeu a uma mulher conhecida por Elizabeth Kedward, acusada de bruxaria, em meados do século 19.A dúvida em relação a todas estas produções é se realmente vão emplacar da forma como se deu com o filme original. Não vai ser fácil repetir o lucro de 4.683% que a produção de 99 gerou.

Agencia Estado,

05 de setembro de 2000 | 17h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.