Semana da Crítica premia ucraniano 'The Tribe' no Festival de Cannes

Júri também destacou 'Hope', do francês Boris Lojkine, e 'A Cimbara', de Jonas Carpignano

EFE

22 de maio de 2014 | 18h06

O filme do diretor ucraniano Myroslav Slaboshpytskiy, The Tribe, recebeu nesta quinta-feira, 22, um dos grandes prêmios da Semana da Crítica, paralela ao Festival de Cannes.

O longa, que levou o Grande Prêmio e o título de revelação, traz Grigoriy Fesenko, Yana Novikova e Rosa Babiy como protagonistas de a história de um surdo-mudo e dos rituais a que deve se submeter em um internato.

O júri também destacou Hope, do francês Boris Lojkine, que levou o prêmio SACD, enquanto que o prêmio de curtas ficou com o italiano A Cimbara, de Jonas Carpignano. O prêmio Canal Plus de curta ficou com Crocodile, do britânico Gaelle Denis.

Ficaram sem honrarias o longa Gente de Bien, do colombiano Franco Lolli, e o curta Safari, do espanhol Gerardo Herrero.

Tudo o que sabemos sobre:
Festival de Cannes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.