Sean Penn ganha Oscar de Melhor Ator por 'Milk'

Sean Penn ganhou o Oscar de Melhor Ator neste domingo, pelo papel de Harvey Milk em "Milk -- A voz da igualdade". Penn, 48, obteve o segundo Oscar de sua carreira. Sua primeira estatueta veio em 2004, pelo papel de um pai que sofre com a perda da filha em "Sobre Meninos e Lobos". "Eu não esperava isso e queria deixar bem claro que sei quão difícil é gostar de mim", disse Penn ao aceitar o discurso. Seu retrato de um político gay assumido vem em momento oportuno --"Milk" foi lançado pouco depois que os gays da Califórnia perderam o direito de se casar, em um referendo. Penn, que não é gay e tem imagem de "machão", devido à sua atitude com os paparazzi, conseguiu reproduzir o charme lendário de Milk, que foi morto em 1978, na prefeitura de São Francisco. Vários críticos consideraram a performance de Penn em "Milk" como a melhor de sua carreira, que é bastante versátil. Esta categoria era bastante disputada entre Penn e Mickey Rourke, ator que conseguiu fazer um retorno triunfal com "O Lutador", sobre um ex-atleta que tenta continuar no ringue. Penn é um dos atores mais respeitados de Hollywood. Ele ganhou o prêmio do sindicato de atores e vários outros prêmios da crítica. Sua indicação por Milk é a quinta de sua carreira na categoria Melhor Ator.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.