Sean Connery vai escrever suas memórias

O ator Sean Connery, primeiro a interpretar o agente secreto inglês James Bond, assinou contrato com uma editora para escrever suas memórias. A HarperCollins anunciou ontem que fez um acordo com o ator escocês para que ele escrevesse suas memórias, que serão publicadas, no máximo, em meados de 2006. A editora não comentou os boatos de que Connery teria aceitado o acordo por uma quantia alta de dinheiro. O ator confessou estar inquieto com o projeto. ?Depois de ter jurado que nunca escreveria minhas memórias, aqui estou, a ponto de começar esta jornada. É algo inquietante, mas muito emocionante e não vejo a hora de começar?, disse Connery. Entre os principais papéis do ator no cinema, está o Agente Especial 007. Connery foi o primeiro ator a dar vida ao personagem, no filme 007 Contra o Satânico Dr. No, de 1962. Ele ainda interpretou James Bond em outros seis filmes da série: Moscou Contra 007, de 1963, 007 Contra Goldfinger, de 1964, 007 Contra a Chantagem Atômica, de 1965, Com 007 Só Se Vive Duas Vezes, de 1967, 007 - Os Diamantes São Eternos, de 1971, e 007 - Nunca Mais Outra Vez, de 1983. Connery também atuou em filmes como Marnie - Confissões de Uma Ladra, de 1964, de Alfred Hitchcook, e O Nome da Rosa, de 1986, dirigido por Jean-Jacques Annaud, entre outros. Seu mais recente trabalho para o cinema foi em A Liga Extraordinária, de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.