Scorsese é indicado ao prêmio do Sindicato de Diretores

O Sindicato de Diretores da América (Directors Guild of America, ou DGA) anunciou na terça-feira a escolha de seis cineastas para disputar seu principal prêmio, incluindo o sete vezes indicado Martin Scorsese pelo thriller policial Os Infiltrados e o novato Bill Condon pelo musical Dreamgirls - Em Busca de Um Sonho.Os outros indicados são o diretor britânico Stephen Frears por A Rainha, em que fez um retrato da família real britânica, o mexicano Alejandro Gonzalez Iñarritu pelo drama Babel e a dupla formada por Jonathan Dayton e Valerie Faris pela comédia heterodoxa Pequena Miss Sunshine.Scorsese já recebeu dois prêmios DGA pelo conjunto de sua obra, mas nunca ganhou o prêmio da organização por seu trabalho num filme específico. Nesta temporada, ele já ganhou os prêmios do Círculo de Críticos de Nova York e do Conselho Nacional de Críticos (National Board of Review).Além disso, ele já foi cinco vezes indicado ao Oscar de melhor direção, mas ainda não levou a estatueta para casa.Tradicionalmente, o prêmio DGA de melhor direção é um dos indicadores mais precisos de quem vai receber o prestigioso Oscar de melhor direção.Graças em grande parte ao fato de que muitos dos membros do Sindicato de Diretores e da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas são os mesmos, nos últimos 58 anos, 52 dos premiados com o DGA acabaram por também receber o Oscar da categoria.O vencedor da 59.ª edição anual dos DGA Awards será anunciado em 3 de fevereiro. As indicações ao Oscar serão anunciadas em 23 de janeiro, e a entrega dos prêmios acontecerá em 25 de fevereiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.