Schwarzenegger aprova lei contra paparazzi

Uma nova lei aprovada pelo governador do Estado americano da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, prevê multas mais pesadas para fotógrafos que "atacarem" celebridades em busca de uma foto exclusiva. A lei recém-aprovada vai permitir às vítimas de ataques de paparazzi processá-los para receber até três vezes mais pelos danos sofridos.As vítimas também podem pedir ao tribunal que ordene o fotógrafo a abrir mão de todo o lucro ganho com as fotografias tiradas na ocasião.A lei entra em vigor em 1.º de janeiro do ano que vem.A deputada local Cindy Montanez, que propôs a medida, disse que "a lei atinge os paparazzi onde dói, no bolso". Ela acrescentou que a lei protegeria tanto estrelas de Hollywood como outras pessoas que ficarem feridas em situações envolvendo paparazzi.Schwarzenegger também já foi caçado por paparazziVárias celebridades já tiveram acidentes quando eram perseguidas pelos fotógrafos. A atriz Lindsay Lohan, por exemplo, sofreu cortes e ferimentos depois que um fotógrafo dirigiu sua van contra o carro da atriz, em maio. Em agosto, a atriz Scarlett Johansson, de Encontros e Desencontros, teve um acidente de carro quando estava sendo supostamente seguida por um fotógrafo.A estrela de Legalmente Loira, Reese Witherspoon, também disse que foi seguida por paparazzi que, ela acredita, estavam tentando forçá-la para fora de uma estrada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.