Marvel Studios
Marvel Studios

Scarlett Johansson e Disney entram em acordo sobre ação judicial envolvendo 'Viúva Negra'

Atriz reclamava perda financeira pelo fato de o estúdio lançar o filme no cinema e no streaming

Redação, AFP

01 de outubro de 2021 | 07h53

A atriz americana Scarlett Johansson chegou a um acordo com os estúdios da Disney para resolver sua disputa financeira sobre o filme Viúva Negra, relataram as partes na quinta-feira, 30. “Estou feliz por ter resolvido nossas diferenças com a Disney”, escreveu Johansson no curto comunicado. O texto não revela números nem os termos do acordo.

Scarlett Johansson processou a Disney em julho por sua decisão de lançar o filme de super-herói Viúva Negra, no qual ela estrela, no streaming e no cinema ao mesmo tempo, alegando uma quebra de contrato que lhe custou milhões de dólares.

A atriz, uma das mais bem pagas de Hollywood, tinha direito a uma porcentagem da receita de bilheteria do tão esperado filme da Marvel, de acordo com a ação que foi movida na Corte Superior de Los Angeles, Califórnia.

Em um comunicado divulgado na quinta-feira, Johansson diz que está "incrivelmente orgulhosa" de seu trabalho com a Disney. "Mal posso esperar para continuar nossa colaboração", acrescentou.

Por sua vez, o diretor de conteúdo dos estúdios da Disney, Alan Bergman, disse estar "muito satisfeito" com o acordo. "Agradecemos suas contribuições para o Universo Cinematográfico Marvel e esperamos trabalhar juntos em uma série de projetos futuros, incluindo a Torre do Terror da Disney", disse Bergman sobre o filme inspirado no parque temático da empresa.

Viúva Negra deveria ter estreado originalmente na tela grande no ano passado, mas foi adiada várias vezes devido à pandemia e finalmente foi lançada em julho nos cinemas e na plataforma Disney+ simultaneamente.

Os analistas de bilheteria creditaram a estreia em streaming ao lançamento medíocre do filme, para os padrões da Marvel. Como muitos estúdios de Hollywood, a Disney está priorizando cada vez mais o streaming online como uma fonte de receita futura.

Após o fim de semana de estreia do longa, a Disney divulgou um comunicado afirmando que Viúva Negra havia ganhado "mais de US$ 60 milhões" apenas no Disney +, onde estava disponível para assinantes a um custo adicional de US$ 30 dólares. No cinema, o faturamento foi de U$ 80 milhões no mercado americano e canadense, além de outros US$ 78 milhões no mercado internacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.