Sátira aos mulás é sucesso nos cinemas do Irã

O Lagarto, comédia que satiriza o poder dos mulás, virou sucesso de bilheteria nos cinemas iranianos. O filme conta a história de um homem que escapa da prisão fingindo ser um clérigo. Conforme o The Guardian, antes do lançamento do filme os ingressos para as primeiras sessões já estavam esgotados. Seu diretor, Kamal Tabrizi, contou ao jornal britânico que o filme ganhou popularidade "simplesmente porque as pessoas não estão acostumadas a que se zombe de alguém numa posição tão especial na comunidade". "Em outros países, a piada é velha, mas aqui é novidade", disse. Para estrear no país, O Lagarto teve quatro cenas censuradas, num total de um minuto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.