San Sebástian homenageia Robert Duvall

Robert Duvall, 72 anos, ganhou hoje do Festival de Cinema de San Sebástian o prêmio Donostia pelo conjunto de sua obra. Para a organização, Duvall "é um dos maiores atores do momento" e seu trabalho "garante solidez" aos filmes. De fato, Robert Duvall é o coadjuvante de grandes filmes da história do cinema. Para citar dois: O Poderoso Chefão e Apocalipse Now. Em uma das poucas vezes em que arriscou protagonizar um filme, ganhou o Oscar. Foi em 1983, com A Força do Carinho. Duvall não se queixa. Diz que, quanto mais o tempo passa, mais propostas de trabalho ele recebe. "Atuar é divertido. É uma profissão maravilhosa", diz, acrescentado que lhe agrada a idéia de testar os limites de sua versatilidade. A diva francesa Isabelle Huppert e o ator americano Sean Penn também foram homenageados este ano em San Sebástian, que amanhã anuncia os vencedores do Concha de Ouro, troféu da mostra competitiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.